Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$
FÃ MIRIM     

Paraense de seis anos sonha em conhecer Jorge Vercilo

quinta-feira, 04/07/2019, 21:44 - Atualizado em 04/07/2019, 21:59 - Autor: Igor Wilson


| Acervo Pessaol

Foi por acaso que Joana D’arc, moradora do distrito de Icoaraci, em Belém, descobriu o amor do filho pela música. Com o objetivo de diminuir o tempo em que o pequeno Davi Góes, de 6 anos, passava em frente à TV, a mãe estabeleceu uma “hora para tudo” no início do ano. Se Davi quisesse ver TV, teria que realizar outras atividades, como ler, brincar e escutar música. Foi assim, passando a ouvir mais música junto com o filho, que Joana percebeu que Davi possuía um gosto especial pela Música Popular Brasileira, incomum para uma criança de sua idade.

Entre as canções que mais mexem com o pequeno Davi, estão clássicos de Caetano Veloso (“Odara” é sua preferida, como diz a mãe), Chico Buarque, Vinícius de Moraes, Djavan e vários outros. O menino, que antes possuía mais dificuldades no desenvolvimento da fala, hoje é capaz de cantar canções como “Construção”, “Reconvexo”, “Azul” e “Luz de Tieta”. A música se tornou uma preciosa ferramenta para ajudar Davi a se desenvolver.

“A música deu uma desenvolvida na fala do Dr melhor. Eu vejo ele muito mais ativo, escutando, tentando cantar, balbuciando palavras, depois cantando de novo. Ele está muito bem comparando como estava antes. A música ajuda muito no desenvolvimento da linguagem seguramente”, conta a mãe.

Jorge Vercilo e Homem Aranha

Uma das canções atualmente preferidas por Davi é de um artista que, inclusive, fará show em Belém no próximo dia 10 de agosto, e o garoto, que viu o anúncio do evento na televisão, já pediu à mãe para ver o cantor de perto. “Homem Aranha”, de Jorge Vercilo, faz Davi “viajar”.

“Ele gosta muito da música por causa do estilo e do nome do herói que ele gosta muito também. O estilo prendeu mais do que a música em si, e depois o Jorge Vercilo cativou ele. Quando ele viu o anúncio do show na televisão, me pediu para ver o Jorge. O show é proibido para menores de 18 anos, mas sei lá, ele quer tanto, que talvez poderíamos ter a possibilidade de conhecer o artista rapidamente antes do show”, acredita Joana.

Para o menino, que por enquanto quer ser músico – mas como diz a própria mãe, tudo pode mudar – o sonho tem ajudado em seu desenvolvimento em todas as partes. A evolução no aprendizado, é notável. “Incentivo, dei violões de brinquedo, mas criança é muito volátil, acorda querendo ser artista e dorme querendo ser a astronauta.  Um dia ele acordou cantando "Odara" do Caetano,de noite ele já sabia "Geni e Zeppelim", do Chico Buarque. No outro dia já sabia a letra completa de "Homem-Aranha", do Jorge Vercilo e inclusive quis um aniversário do Homem-Aranha por canta da música e do desenho.  Mas se for para ser músico ele terá meu apoio”, finaliza Joana.

Por enquanto, ele só quer conhecer o Jorge Vercilo do “Homem Aranha”, como pediu à mãe. Será que consegue realizar o sonho?

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS