Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
SOFT PORN

Michele Morrone afirma que '365 Dias' terá continuação

terça-feira, 30/06/2020, 18:35 - Atualizado em 30/06/2020, 19:17 - Autor: FOLHAPRESS


Michele Morrone é o protagonista do filme, um dos mais vistos da Netflix
Michele Morrone é o protagonista do filme, um dos mais vistos da Netflix | Reprodução

Michele Morrone, 29, o protagonista Massimo do filme "365 Dias", afirmou em vídeo para fãs que o longa terá sim uma continuação, mas disse que ainda não há data para o início das gravações por causa da pandemia do novo coronavírus.

"Se vamos fazer a segunda parte? A resposta é sim. Nós vamos filmar a segunda parte. Ainda não sabemos quando por causa do problema que o mundo inteiro enfrenta com a Covid-19, mas com certeza vamos conseguir", afirmou ele. O filme é baseado no livro de mesmo nome da escritora polonesa Blanka Lupinska, que conta com duas sequências. A Netflix, no entanto, ainda não confirma a produção da continuação.

Crítica: Pornô-soft da Netflix, filme '365 Dias' é um problemão

Segundo o site TMZ, o vídeo em que ele confirma a sequência de "365 Dias" foi gravado para um fã por meio do HalaHi, uma plataforma em que pessoas comuns podem comprar mensagens personalizadas dos artistas -no Brasil serviço semelhante é feito pelo site Okanal.com.

No caso de Morrone, em que é cobrado US$ 200 (R$ 1.095) por mensagem, 100% do valor arrecadado com os vídeos são doados para ajudar crianças carentes. De acordo com o TMZ, em 24 horas, foram angariados US$ 14.000 (R$ 76,6 mil) com as mensagens do ator. Além disso, o HalaHi afirmou que a plataforma está sobrecarregada de pedidos por vídeos do ator.

O filme "365 Dias" ficou entre os mais vistos no Brasil pela Netflix nos último dias. Apesar do roteiro fraco, ele abusa das cenas de sexo, o que o fez ser comparado com "50 Tons de Cinza". As comparações acabaram recaindo até mesmo sobre os atores Michele Morrone e Jamie Dornan, que fez Christian Grey em "50 Tons".


Mas a história do mafioso Massimo, que sequestra a diretora de vendas Laura para que ela se apaixone por ele em 365 dias, também causou polêmica. Internautas apontam que a produção romantiza a Síndrome de Estocolmo, que corresponde a uma condição em que o refém forma um vínculo com seu sequestrador.

O longa "365 Dias" deixou muita gente curiosa sobre as quentíssimas cenas de sexo entre os personagens Massimo e Laura (Anna-Maria Sieklucka). O ator, no entanto, já deixou claro que não, elas não são reais. "Somos muito bons atores", brinca ele.

A afirmação de Massimo foi feita em abril, durante uma live: "Parece real?", questiona ele em meio a gargalhadas. "Parece real porque somos muito... porque somos bons atores", afirma ele. "É falso, não foi real. Muitas pessoas me escrevem 'Oh, meu Deus, parece real', mas não, é impossível".

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS