Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
ERA DE OURO

Programação do Cine Olympia em dezembro é dedicada a filmes clássicos

segunda-feira, 02/12/2019, 23:55 - Atualizado em 02/12/2019, 23:55 - Autor: Agência Belém


Cena de E O Vento Levou...
Cena de E O Vento Levou... | Reprodução

Se você ama os chamados filmes clássicos, em dezembro, você tem um compromisso com Cinema Olympia, que vai apresentar vários filmes da chamada Era de Ouro de Hollywood, em especial, uma comemoração aos 80 anos da estreias de “... E o Vento Levou” e de “O Mágico de Oz”. Além disso, o Olympia mantém a tradição e exibirá o clássico de Natal “A Felicidade Não Se Compra”. A programação também terá uma Mostra de Filmes de Comédia, uma com a temática natalina e uma mostra em celebração ao compositor Ennio Morricone. A programação é totalmente gratuita.

A Mostra Luis Buñuel, cartaz do mês de novembro, se encerra nesta semana, e exibe na terça-feira, 3, o filme é “Tristana”; e na quarta-feira, 4, “O Fantasma da Liberdade”. As sessões no Cine Olympia são às 18h30, de terça à sexta-feira; e às 16h30, aos sábados, domingos e feriados.

Documentário - De 5 a 11, exceto nos dias 7 e 8, a atração no Olympia é o documentário sueco “Bikes vs. Carros”, direção de Fredrik Gertten. Em tempos de uma crise generalizada, é necessário relacionar várias discussões sobre clima, recursos naturais e cidades. Com a indústria automobilística crescendo cada vez mais, ciclistas militantes buscam mudanças na mobilidade das grandes cidades. As diferenças no uso de bicicletas e de carros são gritantes em comparação entre algumas cidades, como São Paulo e Copenhague. A classificação indicativa 14 anos

Cinema e Música - No projeto Cinema e Música, no sábado, dia 7, às 16h30, o filme é “Ouro e Maldição”, direção de Erich Von Stroheim, que terá acompanhamento, ao vivo e ao piano, de Paulo José Campos de Melo. O filme data de 1924 e conta a história do dentista MacTeague (Gibson Gowland), que se apaixona por Trina (Zasu Pitts), uma mulher de quem fez tratamento dentário. Seu melhor amigo e também rival do amor de Trina é Marcus (Jean Hersholt), que permite que Mac se case com Trina, mas muda de ideia depois que a mulher ganha na loteria.

Marcus aciona seus contatos no governo local, e consegue acabar com a vida de Mac, que fecha o consultório, passa a beber e a bater na mulher. Trina transforma o dinheiro da loteria em uma fonte de satisfação, e guarda suas moedas de ouro enquanto o casal passa fome. A classificação indicativa é 14 anos.

Vento - Celebrando os 80 anos de estreia de “... E o Vento Levou”, a trama dirigida por Victor Fleming e George Cukor, ganha exibição especial no Cine Olympia, no domingo, dia 8. A trama mostra Scarlett O'Hara (Vivien Leigh), uma jovem mimada que consegue tudo o que quer. No entanto, algo falta em sua vida: o amor de Ashley Wilkes (Leslie Howard), um nobre sulista que deve se casar com a sua prima Melanie (Olivia de Havilland). Tudo muda quando a Guerra Civil americana explode e Scarlett precisa lutar para sobreviver e manter a fazenda da família, Tara. O filme será exibido a partir das 15 horas e aaclassificação indicativa é 14 anos

Mágico - Na quinta-feira, dia 12, às 18h30, também em celebração aos 80 anos de estreia de um filme, o Cine Olympia, exibirá “O Mágico de Oz”, direção de Victor Fleming e King Vidor. A trama começa no Kansas, onde Dorothy (Judy Garland) vive em uma fazenda com seus tios. Quando um tornado ataca a região, a menina e seu cachorro Totó são carregados pelo ciclone e caem na terra de Oz, sobre a Bruxa Má do Leste, matando-a. Dorothy é vista como uma heroína, mas o que ela quer é voltar para Kansas. 

Para isso, ela precisará da ajuda do Poderoso Mágico de Oz, que mora na Cidade das Esmeraldas. No caminho dos tijolos amarelos, ela será ameaçada pela Bruxa Má do Oeste (Margaret Hamilton), que culpa Dorothy pela morte da irmã, e encontrará três companheiros: um Espantalho (Ray Bolger), que quer ter um cérebro; um Homem de Lata (Jack Haley), que anseia por um coração; e um Leão covarde (Bert Lahr), que precisa de coragem. Será que o Mágico de Oz conseguirá ajudar a todos eles?

Comédia - De 13 a 19 de dezembro, o cartaz é para a Mostra de Filmes de Comédia. Na sexta-feira, 13, o filme é “Tempos Modernos”, de e com Charles Chaplin. Um operário de uma linha de montagem, que testou uma "máquina revolucionária" para evitar a hora do almoço, é levado à loucura pela "monotonia frenética" do seu trabalho. Após um longo período em um sanatório, ele fica curado, mas está desempregado, e, equivocadamente, é preso como um agitador comunista. Simultaneamente, uma jovem rouba comida para salvar suas irmãs famintas e órfãs. É quando dos dois se encontram. A classificação indicativa é livre 

No sábado, 14, cartaz para o filme nacional “O Circo”, direção de Miguel M. Delgado. A trama mostra Cantinflas, que é sapateiro, mas consegue emprego em um circo. Logo começa a se meter em confusões, além de arriscar a vida por amor. Para complicar ainda mais, vira um louco equilibrista. A classificação indicativa é 12 anos

No domingo, dia 15, a atração é “Uma Noite na Ópera”, direção de Sam Wood. Os irmãos Marx tocam o negócio de ópera feito doidos, quando Otis encontra o ambicioso cantor Ricardo, que está determinado a conquistar o coração de sua colega cantora Rosa. Com a ajuda de Fiorello e Tomasso, Otis tenta unir o jovem casal, mas encontra resistência por parte de Lassparri, que também está de olho em Rosa. A classificação indicativa é 14 anos

Na terça-feira, dia 17, será exibido um clássico da Atlântida, “Aviso aos Navegantes”, direção de Watson Macedo. A história mostra uma companhia teatral brasileira que está retornando ao Brasil em um luxuoso navio após uma série de apresentações em Buenos Aires. Viaja com eles o príncipe Suave Leão (Ivon Cury), que se apaixona pela dançarina Cléia (Eliana Macedo), mas ela só tem olhos para o imediato do navio, Alberto (Anselmo Duarte). Está a bordo também um espião internacional perigoso, que deve ser detido antes que o navio chegue ao Rio de Janeiro. A classificação indicativa é 12 anos.

Na quarta-feira, dia 18, exibição de “Monthy Python - O Sentido da Vida”, direção de Terry Jones. O terceiro longa metragem do grupo de humor inglês Monthy Python apresenta uma série de esquetes sobre os estágios da vida, do milagre do nascimento até a morte. A ironia, a crítica social e o bom humor marcam presença em cada segmento do filme. A classificação indicativa é 16 anos

Encerrando a mostra na quinta-feira, dia 19, cartaz para “Contrabandista a Muque”, direção de Christian-Jaque. Assola é uma vila imaginária, localizada na fronteira da Itália com a França, sendo que a linha de fronteira divide ao meio uma hospedaria localizada entre os dois países. O guarda francês de fronteira Ferdinand (Fenandel) está sempre tentando prender o contrabandista italiano Giuseppe (Totó). Quanto o gendarme finalmente consegue seu intento, Giuseppe descobre acidentalmente que Ferdinand nasceu na Itália, e não na França. A classificação indicativa é 14 anos. 

Natal - No dia 20 de dezembro, sexta-feira, começa a Mostra de Filmes de Natal, com a exibição de “Feliz Natal”, direção de Christian Carion. No Natal de 1914, em plena Primeira Guerra Mundial, durante a noite, os soldados saem de suas trincheiras e deixam seus rifles de lado, para apertar as mãos do inimigo e confraternizar o Natal. Esse gesto muda a vida de um padre anglicano, um tenente francês, um grande tenor alemão e sua companheira, uma soprano. A classificação indicativa é 14 anos.

No sábado, dia 21, cartaz para “Um Conto de Natal”, direção de Irving Pichel. Uma família de classe média baixa vê sua sorte mudar durante a época natalina. Pouco antes da noite de natal, eles se mudam para um apartamento onde Rupert, um esquilo que vive nas vigas do sótão age como anjo da guarda da família. Assim, ele não só irá salvar o Natal, mas mudará para sempre, a vida da família. A classificação indicativa é livre

No domingo, dia 22, exibição do clássico natalino “A Felicidade Não Se Compra”, direção de Frank Capra. Em Bedford Falls, no Natal, George Bailey (James Stewart), que sempre ajudou a todos, pensa em se suicidar saltando de uma ponte, em razão das maquinações de Henry Potter (Lionel Barrymore), o homem mais rico da região. Mas tantas pessoas oram por ele que Clarence (Henry Travers), um anjo que espera há 220 anos para ganhar asas é mandado a Terra para tentar fazer George mudar de ideia, demonstrando sua importância através de flashbacks. A classificação indicativa é livre.

Morricone - De 26 a 29, o Cine Olympia presta uma homenagem ao compositor italiano Ennio Morricone, de 91 anos, com uma mostra de filmes para os quais ele compôs a trilha sonora. Na quinta-feira, 26, cartaz para a “A Missão”, direção de Roland Joffé. No final do século XVIII, Mendoza (Robert De Niro), um mercador de escravos, fica com crise de consciência por ter matado Felipe (Aidan Quinn), seu irmão, num duelo, pois Felipe se envolveu com Carlotta (Cherie Lunghi). Ela havia se apaixonado por Felipe e Mendoza não aceitou isso. Para se penitenciar, Mendoza se torna um padre e se une a Gabriel (Jeremy Irons), um jesuíta bem intencionado, que luta para defender os índios, mas se depara com interesses econômicos. A classificação indicativa é 14 anos. 

Na sexta-feira, 27, exibição de “A Lenda do Pianista do Mar”, direção de Giuseppe Tornatore. Um garoto nasce em pleno alto-mar, ganhando o nome do ano em que nasceu: 1900. A criança cresce em um mundo encantado, e, crescido, seu talento natural no piano chama a atenção da lenda do jazz, Jelly Roll Morton, que sobe a bordo para desafiar 1900 em um duelo. Indiferente com sua súbita notoriedade, 1900 mantém uma fixação pelo mar, sendo sempre seduzido pelos sons do oceano. A classificação indicativa é 14 anos.

No sábado, 28, exibição de “Por um Punhado de Dólares”, direção de Sergio Leone. Joe (Clint Eastwood) é um pistoleiro barra pesada que chega a uma cidade que está em guerra. Quando percebem o potencial de Joe, ambas as partes se interessam por contratá-lo; é quando ele percebe que pode ganhar um dinheiro com a situação aceitando a proposta dos dois lados. A classificação indicativa é 14 anos.

No domingo, dia 29, exibição de “Cinema Paradiso”, direção de Giuseppe Tornatore. Nos anos que antecederam a chegada da televisão, em uma pequena cidade da Sicília, o garoto Totó (Salvatore Cascio) fica hipnotizado pelo cinema local e inicia uma amizade com Alfredo (Philippe Noiret), projecionista que se irritava com certa facilidade, mas tinha um enorme coração. Todos esses acontecimentos chegam em forma de lembrança quando Totó (Jacques Perrin), agora um cineasta de sucesso, recebe a notícia de que Alfredo faleceu. A classificação indicativa é 14 anos.

 

Serviço: As sessões no Cine Olympia são às 18h30, de terça à sexta-feira; e às 16h30, aos sábados, domingos e feriados. A entrada é gratuita.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS