Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Entretenimento

WS ON BOARD

Wesley Safadão bate recorde ao cantar 7 horas seguidas

segunda-feira, 25/11/2019, 12:30 - Atualizado em 25/11/2019, 12:30 - Autor: FOLHAPRESS


O cantor entrou no palco às 3h20 desta segunda-feira (25) e parou de cantar só as 10h15 da manhã.
O cantor entrou no palco às 3h20 desta segunda-feira (25) e parou de cantar só as 10h15 da manhã. | Divulgação/Facebook

Wesley Safadão, de 31 anos, conseguiu chegar à segunda edição do WS on Board, com ingressos esgotados e mais um recorde de horas de show. O cantor entrou no palco às 3h20 desta segunda-feira (25) e parou de cantar só as 10h15 da manhã. Ele ainda confirmou que a edição de 2020 será transformada em um DVD, e terá Marilia Mendonça, que foi obrigada a desmarcar sua participação por causa da gravidez.

No ano passado, o artista cantou mais de seis horas seguidas, e agora, ele conseguiu passar mais uma hora no palco para garantir um recorde. Safadão canta o tempo todo e conta com participações especiais dos artistas que estão presentes no cruzeiro. Léo Santana foi um dos que aguentou até o fim do show, também animado. O segredo de Safadão, é o próprio palco. "Até que dei uma descansada hoje, mas quantas vezes subi no palco sem voz, sem clima, mas o palco te dá uma energia que só quem está lá em cima sabe".

Safadão ainda não descarta a possibilidade de ter cruzeiros pelo Nordeste, que ocupa a maior parte das cabines desse navio, e até no exterior. "O WS on Board é o tipo de projeto que o cara fala: 'rapaz, se não der certo, o prejuízo é grande.' É aquele tipo de coisa que trinca qualquer empresa se não der certo, mas eu sempre gostei muito de desafio. Quando eu quero fazer uma coisa e alguém me disser 50 vezes que não dá, mas achar que tem uma brecha, eu vou nessa brecha", diz Safadão, que conseguiu realizar mais essa empreitada.

Safadão disse que cruzeiros internacionais já foram colocados em estudo, mas que é preciso tomar cuidado para ter a certeza de que se trata de um projeto viável. No entanto, uma outra edição, no Nordeste, pode estar mais próxima de ser realizada já no ano que vem. "Muitas coisas como essa não dependem só de nós, o que queremos fazer com o WS on Board aqui no Brasil será mais um grande marco da nossa carreira. O próximo deve ser mais especial ainda", afirma o cantor."Existem alguns projetos que serão feitos no Nordeste, além dos shows que são muitos. Um cruzeiro por lá é algo que precisamos fazer".

O artista diz que dorme poucas horas por dia porque não para de ter ideias, lembrando que antes do WS on Board, ele também realizou o sonho de gravar um DVD em Miami. E viu que foi necessário, neste ano, "dar um passo para trás", e revisitar um pouco de toda a sua carreira com o álbum "TBT WS", que lembra sucessos de 2005 a 2010, desde o tempo em que ele era vocalista do grupo Garota Safada. Ele também usa seu Instagram para lembrar fotos antigas. "Desde 2002, eu trabalho todos os finais de semana, tem bastante história para contar", lembra Safadão.

O WS On Board saiu do porto de Santos neste sábado (23), passou por Búzios e Ilha Grande, no Rio de Janeiro, e a partir desta segunda começa a voltar para Santos. Safadão embarcou em Búzios para o show deste domingo (24). Devido a apertada agenda de shows, o cantor não conseguirá passar o tempo todo no navio.

O cruzeiro, que está enfrentando mau tempo e chuva, está testando os limites dos passageiros com muito balanço. Ninguém pode descer em Búzios, onde os turistas imaginavam passar o dia. O navio saiu de Santos lotado. A embarcação tem capacidade para 4.353 passageiros em 1.6378 cabines A ideia do Cruzeiro WS on Board surgiu em 2015 durante show de Wesley Safadão em Brasília. De lá para cá, o cantor foi buscando parcerias e consolidando sua carreira solo, que começou em 2014, após deixar a banda Garota Safada.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS