Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Entretenimento

LEMBRA DELA?

'Foi no pornô que descobri o feminismo', diz atriz indicada ao Prêmio Sexy Hot

segunda-feira, 22/07/2019, 18:21 - Atualizado em 22/07/2019, 18:21 - Autor: Redação


|

A atriz Giovana Bombom, de 28 anos, é destaque em meio ao pornô brasileiro. Negra e com o cabelo Black Power, ela luta para desconstruir a pornografia tradicional, de dominação masculina, e busca um olhar mais sensível e realista para as produções.

De acordo com a atriz, o pornô violento, que bate e machuca a mulher tende a afastar as feministas. “Nos filmes, as mulheres são submissas ao homem. Quando uma feminista assiste a um filme pornô assim não recebe nenhum estímulo”, afirma Bombom.

“Os atores, para gravar comigo, já estão preocupados. Não deixo eles fazerem o que quiserem comigo, entendeu? Eles têm certo cuidado. O motivo é que a sociedade criou um pornô muito violento”, conta a atriz.

Além de atriz, Bombom estuda cinema. Ela produziu um filme que será exibido no Encontro Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe, no mês de agosto. “O filme é um pornô, entendeu? Com arte, dança. Valorizando o corpo negro, o corpo feminino e o empoderamento das mulheres. A ideia é valorizar a mulher brasileira não só como um fetiche, ou como carne, só para transar. Valorizar o corpo da mulher brasileira: a branca, a preta”, explica a estudante.

Indicada a três categorias – melhor cena de orgia/gang bang; melhor cena homo feminina e melhor atriz homo feminina – na edição 2019 do "Prêmio Sexy Hot", a aparência original de Giovana destoa em meio às candidatas do ‘Oscar do pornô brasileiro’.

Ver essa foto no Instagram

Tá rolando a votação do prêmio sexy sexy hot... 🤗🤗🤗🤗

Uma publicação compartilhada por Bombomgiovana69 (@bombomgiovana69) em

(Com informações Uol)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS