Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Entretenimento

DICA!

Adriane Galisteu diz como não sentir dor no sexo anal

quarta-feira, 10/07/2019, 17:04 - Atualizado em 10/07/2019, 19:17 - Autor: null


As dicas da expert pegou muitos fãs de surpresa.
As dicas da expert pegou muitos fãs de surpresa. | Reprodução/ Instagram

Fora do ar desde o fim da novela "O Tempo Não Para", Adriane Galisteu surpreendeu seus seguidores em seu canal do YouTube ao ganhar aula de sexo anal de uma especialista em sexualidade. No vídeo, titulado como "O que Fazer para Não Sentir Dor na Porta Traseira?", ela bate um papo com Cátia Damasceno, ela abriu o jogo e falou de maneira franca sobre a prática. "Nunca comece na posição de quatro", ensina a expert.

Cátia ficou famosa na internet por dar dicas para melhorar a vida sexual das mulheres e em suas redes sociais, ela também ensina sobre o pompoarismo, uma técnica de ginástica íntima. 

"Minha dúvida é muito clara... Eu tenho um esfíncter [anal] muito apertado", disse a apresentadora. "Peraí que eu já entendi a pergunta", interrompeu Cátia, aos risos. "Me dá o truque logo, porque não tem coisa mais chata que ver o marido, namorado, boy, pedindo, né?", continuou Adriane.

"Tenho dicas muito importantes. Tem que deitar de ladinho, do lado esquerdo", começou a especialista. "Direito, não?", perguntou a apresentadora, curiosa. "O esquerdo é melhor porque você retifica a ampola retal, o que relaxa o ânus e torna a experiência anatomicamente mais fácil", explicou Cátia.

Galisteu aparentemente ficou chocada com a primeira dica. "Não depende do tamanho do... Como você chama?", perguntou. A expert respondeu que chama o pênis de "Brad Pinto", uma brincadeira com o astro Brad Pitt. "Não depende do tamanho, e nem da curvatura do órgão sexual. O importante é a posição para a primeira penetração no ânus", ensinou Cátia, que ressaltou ainda: "Nunca comece na posição de quatro".

A especialista também explicou que as pessoas têm dois esfíncteres no canal anal, o interno e o externo, mas só é possível controlar o externo, pois o interno é o músculo mais forte do corpo humano, até mais forte que o coração. "Então não é à toa que, se a gente quiser quebrar o negócio [pênis] lá, a gente quebra, né?", brincou Galisteu, fazendo Cátia concordar.

"Alê, eu estou te ajudando", brincou a terapeuta, citando o marido de Galisteu, Alexandre Iódice. "O segredo é relaxar lá na hora, usar lubrificante, usar preservativo por uma questão de higiene... E a dica mais importante é abrir a boca", revelou Cátia. Ela explicou que, quando se trava o maxilar, o esfíncter interno também fica travado, então é necessário relaxar a boca para que o ânus faça o mesmo. "É tudo ligado, é o sistema digestório inteiro, da boca até lá embaixo", finalizou a especialista.

CONFIRA NA INTEGRA! 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS