Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Entretenimento

BABADO

Eduardo Costa fica revoltado após ser chamado de gay e uma atitude do cantor gera polêmica

sexta-feira, 05/07/2019, 22:36 - Atualizado em 05/07/2019, 22:36 - Autor: DOL


A atitude do cantor chocou os fãs.
A atitude do cantor chocou os fãs. | Reprodução/ Instagram

O cantor Eduardo Costa causou a maior polêmica ao rebater um seguidor após ser chamado de gay e uma atitude causou uma enorme repercussão por ele ter devolvido na mesma moeda. 

Tudo aconteceu na tarde desta sexta-feira (5), quando um internauta insinuou que o cantor sertanejo fosse gay em uma publicação que o artista compartilhou no Instagram.

No post, em questão, o cantor fez um desabafo emocionado e uma reflexão sobre a sua vida e suas atitudes. E nos comentários, apesar dos milhares elogios pelo texto, o sertanejo se deparou com um que acabou falando mais do que deveria.

O seguidor disparou. “Olhando de longe parece que queima, olhando de perto tenho certeza”, escreveu. 

Sem pensar, Eduardo Costa, que não é de levar desaforo pra casa e também já mostrou que não tem papas na língua, soltou: Oh viadão gorda, só por que me chamo Eduardo não significa que faço o que você faz moçoila. Você escamoteia mesmo. Beijo xará”, disparou o famoso, reacendendo outra polêmica, já que muitos acharam seu comentário com um tom preconceituoso.

CONFIRA O POST!

Ver essa foto no Instagram

O tempo vai passar e a gente vai aprender a complicar menos as coisas. Vai aprender a guardar o orgulho no bolso e falar o que tem pra falar, sem medo de reações ou retaliações. Vai aprender a olhar a vida com a seriedade que ela nos cobra, mas com a ternura que ela nos pede. Com o tempo vai aprender a hora de calar e achar o momento certo de falar, sempre tomando cuidado com as palavras que vai usar. Percebe que o "pra sempre" é muito tempo, o "nunca" é um exagero e o "até logo" é mais sincero. Vai aprender que nem todos os sentimentos são feitos pra serem vividos intensamente, alguns são despertados pra serem apreciados na nossa singela solidão (não há nenhum mal nisso). Com o tempo a agitação e o frison dos corpos dá lugar a calmaria e a escolha por uma só pessoa. O simples passa a despertar muito mais nossa atenção. Um café com um amigo, uma música que não tinhamos prestado tanta atenção na letra, alguns segundos olhando pra o céu (cara, olha como a lua está linda). E com o tempo a gente percebe que o tempo foi e sempre vai ser nosso melhor aliado. Ou não...

Uma publicação compartilhada por Eduardo Costa (@eduardocosta) em

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS