Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Concursos

Concursos

Concurso da Susipe pode ser suspenso após morte de candidato

quinta-feira, 25/10/2018, 11:37 - Atualizado em 25/10/2018, 12:01 - Autor:


O concurso C199, da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), pode ser suspenso após a morte do candidato Ismael Lauane Sousa, decorrente de um mal súbito, durante um Teste de Aptidão Física (TAF), realizado no último domingo (21), em Castanhal.


Em nota, a Secretaria de Estado de Administração (Sead) informou que foi aberto um procedimento administrativo para apuração dos fatos com objetivo de assegurar a lisura do certame e que “já está adotando as providências para suspensão do concurso”.


"A Sead solicitou à Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Civil a apuração do caso, para investigar se o candidato faleceu em consequência do TAF, aplicado pela AOCP, empresa que ganhou a concorrência pública para realização do certame".


Na última terça-feira (23), o DOL recebeu denúncias de irregularidades durante a realização dos testes.



As reclamações davam conta que o longo tempo de espera fez com que outras pessoas também passassem mal e não havia como sair para comer ou beber água.


"Falta de respeito em relação ao horário, exigiu muito dos candidatos. Infelizmente levou a situação do mal súbito do colega, outras pessoas também passaram mal. Eu me machuquei também, cansado, com fome. Entrei no ginásio 14h e finalizou 20h40”, disse Renan Jacques, um dos candidatos.


Renan ainda informou que na quadra havia produto químico que levou outros participantes a se lesionarem.


Após o ocorrido, uma comissão de candidatos foi formada e um documento protocolado junto ao Ministério Público formalizou as denúncias.


Ainda sobre os efeitos do teste, a Sead informou que todos os candidatos apresentaram laudo médico comprovando estarem apto a realização conforme exigência do edital.


A reportagem pediu esclarecimentos a organizadora, no entanto, ainda não foi dado retorno.


(DOL)


 


 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS