Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Concursos / Federais

EXPECTATIVA

Concurso do Banco Central do Brasil  com 260 vagas deverá ser aprovado em fevereiro

domingo, 29/12/2019, 08:07 - Atualizado em 29/12/2019, 08:06 - Autor: JC Concursos


O concurso do Banco Central do Brasil (BC) continua dependendo do Ministério da Economia para sair do papel, mas isso pode ser alterado caso o órgão ganhe autonomia. Presidente da Câmara dos Deputador, Rodrigo Maia comentou na última semana que a Casa deve aprovar em fevereiro de 2020, assim que retomado os trabalhos legislativos, o projeto que estabelece a autonomia do Banco Central.

Vale lembrar que o presidente Jair Bolsonaro chegou a assinar, em junho, um projeto de lei complementar que prevê a autonomia do órgão. Porém, o projeto não apresentou tramitações desde o fim do primeiro semestre.

Oportunidades

Está em análise na Economia um pedido que prevê o preenchimento de 260 vagas distribuídas entre três carreiras da seguinte maneira: 30 para técnico, 30 para procurador e 30 para técnico.

Os postos de analista e procurador aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação - neste caso, os vencimentos correspondem a R$ 16.286,90 e a R$ 17.788,33, respectivamente.

Já a posição de técnico destina-se aos profissionais que possuem apenas ensino médio completo. O salário inicial oferecido para ocupa a posição é bastante atrativo: R$ 6.463,44 por mês.

Vale ressaltar que as remunerações já incluem o valor do benefício-alimentação, que equivale a R$ 458 mensais.

último edital

Em 2013, o concurso do Banco Central promoveu seleção com 500 vagas destinadas aos cargos de técnico e analista. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cespe/UnB e a remuneração inicial oscilou entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24.

O processo seletivo constou de prova objetiva, teste discursivo e análise de títulos – este último apenas para analista. Depois, houve um programa de capacitação aos candidatos aprovados.

Todos os profissionais contratados foram lotados em Brasília (DF), Belém (PA), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS).

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS