Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Concursos / Estaduais

CARREIRA PÚBLICA

Cresce expectativa para as quase 4 mil vagas dos concursos da PM e PC

terça-feira, 01/09/2020, 09:04 - Atualizado em 01/09/2020, 19:33 - Autor: Redação


A Polícia Militar do Pará deve ter mais de 100 mil inscritos para o concurso público da corporação.
A Polícia Militar do Pará deve ter mais de 100 mil inscritos para o concurso público da corporação. | Marco Santos/Agência Pará

Os aguardados concursos das Polícias Militar e Civil do Estado do Pará estão cada vez mais próximos de ter início. Foram confirmados ontem, por meio de publicação em diário oficial, os nomes das bancas organizadora dos dois certames. Para a PM, a escolhida é o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). Já na PC, a vencedora da segunda fase do processo licitatório, composto de análise das propostas técnicas e de preços, foi o Instituto AOCP. Nos dois concursos, as demais participantes poderão apresentar eventuais recursos até a próxima sexta-feira (4). Caso isto não ocorra ou não sejam considerados procedentes, os dois órgãos poderão assinar os contratos com as empresas e, por fim, publicar o edital. A expectativa é de que as seleções tenham início até dezembro, com aplicação das provas no primeiro semestre de 2021. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Ao todo serão oferecidos 2.405 postos para policiais militares, sendo 2.310 soldados e 95 oficiais combatentes. No caso de praças será necessário possuir ensino médio, enquanto que para oficiais será exigido nível superior, com remunerações iniciais que devem ser de R$ 2.936,80 para praças e R$ 5.937,36 para oficiais.

EXIGÊNCIAS

Segundo informações do projeto do concurso, no caso de praças, os interessados devem possuir idade de 18 a 30 anos, com altura mínima de 1,65 m para homens e 1,60 m para mulheres. Para oficiais, o concurso deve contar com limite de idade de 35 anos, também com altura mínima de 1,65 m para homens e 1,60 m para mulheres.

A expectativa do órgão é de que o concurso conte com até 102.695 candidatos, sendo 88.060 para praças e 14.635 para oficiais.

No concurso da PM, de acordo com o projeto básico da licitação, os candidatos poderão ser avaliados por meio de cinco fases, incluindo provas objetivas e discursivas, avaliação de saúde, testes de aptidão física, avaliação psicológica e investigação de antecedentes criminais.

Segundo o documento, a aplicação das provas poderá ocorrer em Belém, Marabá, Santarém, Altamira, Redenção e Itaituiba.

Já o concurso da Polícia Civil contará com uma oferta de 1.495 vagas em diversos cargos. Do total de postos, 265 serão para delegado, 252 para escrivão, 818 para investigador e 160 para papiloscopista. Para todos os cargos é exigida formação de nível superior, com remunerações básicas iniciais, de acordo com os últimos concursos, de R$ 5.204,05 para investigador, escrivão e papiloscopista e R$ 12.250 para delegado.

De acordo com o projeto básico, divulgado para a escolha da banca, as taxas deverão ser de, no máximo, R$ 182,95 para o cargo de delegado e R$ 148,68 para as demais funções. A expectativa do órgão é de que o concurso conte com um total de 42.183 inscritos, sendo 14.519 para delegado, 18.205 para investigador, 7.709 para escrivão e 1.750 para papiloscopista.

Ainda segundo o projeto básico, o concurso da Polícia Civil será realizado por meio de seis etapas, incluindo provas escritas, avaliação oral, teste de capacidade física, exames médicos, avaliação psicológica e investigação social. Quem conseguir aprovação em todas estas avaliações será convocado para a segunda fase, que contará com curso de formação profissional.

A comissão do concurso da PC é presidida pelo servidor Edernilson Fagundes Barbosa e conta ainda com os seguintes membros: Iris Alves Miranda Negrão, Irenildes Francisca Albuquerque, Maria Cristina Roma de Jesus e Roberto Gomes Neto. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS