Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
REPÓRTER DIÁRIO

Plantar cacau é um bom negócio no Pará; saiba mais no RD de hoje!

Coluna traz ainda a mudança de partido do ex-prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro

quinta-feira, 28/01/2021, 10:27 - Atualizado em 28/01/2021, 10:27 - Autor: Repórter Diário


Imagem ilustrativa da notícia Plantar cacau é um bom negócio no Pará; saiba mais no RD de hoje!
| Reprodução

Mais da metade do cacau produzido no Brasil é paraense. Em 2020, a produção do fruto no Pará foi de 144.663 toneladas, o equivalente a 52% do total nacional. Em 2019, o Estado produziu 130 mil toneladas contra as 105 mil produzidas na Bahia, que segue na vice-liderança. O cultivo do cacau é acompanhado pela Adepará. Cerca de trinta mil produtores atuam com a cacauicultura no Estado, em 29 municípios. Medicilândia, Tucumã e Tomé-açu lideram o ranking de produção paraense.

CONCURSO

O governador Helder Barbalho assinou na tarde de ontem o decreto de nomeação de 57 agentes de fiscalização de trânsito, aprovados no Concurso C-177. Realizado em 2019, o concurso teve o resultado final homologado em abril passado, quando os candidatos foram submetidos ao Curso de Formação promovido pelo Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp). O objetivo do certame é reforçar o quadro de pessoal do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), para realizar mais ações de fiscalização e segurança nas rodovias estaduais.

VACINAÇÃO

O Sindtifes, entidade que representa os técnicos-administrativos das universidades federais do Pará, manifestou ontem “preocupação e indignação” com as denúncias de irregularidades no processo de vacinação no Complexo Hospitalar da UFPA. Trabalhadores da linha de frente da assistência de pacientes com síndrome gripal não teriam sido vacinados na primeira leva de 500 doses. Enquanto isso, a superintendente do complexo, que não atua na assistência direta aos pacientes, teve foto divulgada sendo imunizada pelo secretário de Saúde do município.

FURA-FILAS

Outros trabalhadores em situação semelhante, isto é, que atuam na parte administrativa e que são do grupo de risco (acima de 60 anos) também não foram vacinados em função da hierarquia de prioridades definida. O Sindtifes-PA avalia que, considerando a quantidade insuficiente de vacinas para atender todos os trabalhadores da saúde, é indispensável que haja transparência e ética nos critérios de definição e aplicação do processo de vacinação, de modo a combater a ocorrência de “fura-filas”, a cultura do privilegiamento e do “jeitinho brasileiro”.

PERDA

A Diretoria do Instituto Evandro Chagas, em nome da comunidade científica, homenageou em nota o pesquisador e médico paraense José Maria de Souza, vitimado por um AVC, ontem, em Porto Alegre (RS), aos 88 anos. Aposentado, ele ainda era atuante no meio científico e teve papel importante em estudos clínicos sobre doenças infecciosas na Amazônia, especialmente em relação à malária. Foi diretor do Instituto Médico Legal Renato Chaves entre 1975 e 1979.

EXECUÇÃO

Fernando dos Santos Araújo, sobrevivente do massacre de Pau D’Arco, foi assassinado ontem à noite. A denúncia foi feita nas redes sociais pela Comissão Pastoral da Terra (CPT). Fernando foi executado com um tiro na nuca, em seu lote. “Fernando chegou a entrar no programa de proteção a testemunhas, mas decidiu encarar o risco e voltar à Santa Lúcia”, diz a CPT. A chacina resultou na morte de 10 trabalhadores rurais – nove homens e uma mulher – em ação policial na fazenda Santa Lúcia, em 24 de maio de 2017, durante o governo de Simão Jatene (PSDB).

LINHA DIRETA

Ex-prefeito de Ananindeua por quatro mandatos, Manoel Pioneiro, está de saída do PSDB. O destino de Pioneiro será o Partido Liberal (PL), do vice-governador do Estado, Lúcio Vale. O agora ex-tucano, inclusive, já lançou sua pré-candidatura ao Senado nas eleições de 2022.

Servidores a partir de 60 anos de idade, portadores de doenças crônicas e dos grupos de risco terão o ponto facultado na Câmara Municipal durante a vigência do ato. Os trabalhos legislativos de vereadores, incluindo sessões plenárias, serão retomados em 1º de fevereiro.

O prefeito Edmilson Rodrigues criou a Coordenadoria de Combate ao Racismo e indicou Elza Fátima, do Cedenpa, para chefiar o órgão. Elzinha é licenciada em Comunicação Social (habilitação em Jornalismo) pela UFPA e graduada em Serviço Social pela União das Escolas Superiores do Pará.

A primeira comunidade quilombola do Pará iniciou a vacinação contra a covid-19, ontem, em Ananindeua. Foram aplicadas 235 doses da vacina na vila do Abacatal, que tem mais de 300 anos de história. O prefeito Daniel Santos foi quem vacinou a primeira quilombola paraense.

A Sejudh e a ONU para Mulheres discutiram, ontem, a implantação do projeto “Direitos Humanos das mulheres indígenas e quilombolas: questão de governança”, que será implementado no Pará e no Maranhão, com financiamento da embaixada da Noruega.

Como parte do plano de combate à covid, a Secretaria de Planejamento e Administração (Seplad) publicou no Diário Oficial do Estado portaria que estabelece o trabalho remoto nos órgãos da administração pública estadual direta e indireta, que têm unidades na região do Baixo Amazonas.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS