Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Colunistas / Repórter Diário

REPÓRTER DIÁRIO

Cancelamento da Paixão de Cristo reabre especulação sobre Círio 2020; leia no RD!

domingo, 12/07/2020, 10:25 - Atualizado em 12/07/2020, 10:24 - Autor: Repórter Diário


Coluna do Diário do Pará com informações de todo o Estado
Coluna do Diário do Pará com informações de todo o Estado | Reprodução

O anúncio do cancelamento do espetáculo da Paixão de Cristo, realizado há 53 anos em Nova Jerusalém (PE), reabriu as especulações quanto ao Círio de Nazaré, cuja definição vem sendo adiada pela Diretoria da Festa. A Paixão de Cristo reúne cerca de 120 mil pessoas, enquanto o Círio arrasta uma multidão superior a 1 milhão de pessoas pelas ruas de Belém. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, a cantora Fafá de Belém, que promove todos os anos a “Varanda do Círio”, disse que a procissão não acontecerá em função dos riscos de contágio pela covid-19.

REPRESENTAÇÃO

A vereadora Nazaré Lima (PSOL) protocolou representação contra o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, na sexta-feira, 10, pedindo a apuração do Ministério Público do Estado do Pará sobre as denúncias publicadas pelo DIÁRIO acerca do superfaturamento nos contratos 269 e 270/2020, de valores de R$ 1,748 milhão e R$ 214 mil, para a compra de 4,6 milhões de unidades de luvas de látex não cirúrgicas e de 980 mil toucas, respectivamente, destinadas ao trabalho de combate à pandemia do novo coronavírus na capital paraense.

SUPERFATURAMENTO

Nazaré, que é enfermeira e professora universitária, acompanhou de perto o drama de servidores municipais da saúde que atravessaram o pico da pandemia em Belém com dificuldades de acesso a equipamentos de proteção individual (EPIs), usando produtos de materiais inadequados ou por prazo além do recomendado, chegando, inclusive, a protestar em frente ao PSM da 14 de Março. “É muito estranho que, no momento em que os casos estão desacelerando na capital paraense, o prefeito compre essa quantidade exagerada de EPIs. Isso precisa ser investigado”, afirma a vereadora.

TIROTEIO

Uma polêmica que florescia nos bastidores jurídicos veio finalmente à luz do sol na sexta-feira. A campanha #VoltaJudiciário – “A Sociedade não pode ficar sem resposta”, lançada pela OAB, motivou uma reação imediata da Associação dos Magistrados do Pará (Amepa), que criticou publicamente o teor da iniciativa, por considerá-la irresponsável em relação à magistratura. A Amepa observa que o slogan pode induzir “a uma equívoca e injusta interpretação de que o Judiciário Paraense, em tempos de pandemia, cruzou seus braços e deitou-se em berço esplêndido”.

PRESENCIAL

Em nota, a Amepa responde à OAB citando os esforços de magistrados e servidores do TJPA durante a pandemia. “No período de 20 de março a 08 de julho de 2020, houve um aporte de 56.563 processos e procedimentos novos no sistema judicial, e foram produzidas, em contrapartida 71.360 sentenças, 126.225 decisões interlocutórias, 170.255 despachos”. Revela que o atendimento presencial, que seria a “mensagem em letrinhas pequenas” da campanha da OAB, já está em curso, sendo que nesta semana contemplou o retorno presencial de advogados.

TRANSFERÊNCIA

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) iniciou na última quinta-feira (9), o processo de transferência de pacientes que estavam internados no Hospital Abelardo Santos para o Hospital de Campanha do Hangar. Após todo o processo, o hospital passará por desinfecção, para que até o final desta semana, os atendimentos estejam disponíveis e o Abelardo Santos possa voltar ao seu perfil normal. A Sespa reforça que o Hospital de Campanha da Centenário está pronto e preparado para ser uma retaguarda, caso haja um novo pico da doença.

LINHA DIRETA

O Governo do Pará, por meio da coordenação estadual de saúde indígena e populações tradicionais da Sespa, fará amanhã (13) a entrega de 20 mil máscaras e 800 litros de álcool 70% para comunidades indígenas do Pará. A mesma quantidade também será distribuída para quilombolas do Estado.

Os equipamentos de proteção ajudarão a prevenir o novo coronavírus nas comunidades indígenas. A entrega será realizada na sede Malungu, na avenida Pedro Miranda, nº 855, entre as travessas Vileta e Timbó, no bairro da Pedreira.

O PCT Guamá e o Polo de Inovação IFMG assinaram parceria voltada para o incentivo a atividades de cooperação e intercâmbio técnico-científico em pesquisa, treinamento e projetos de suporte à pesquisa, sustentabilidade e inovação, especialmente nas áreas de Cidades Inteligentes, Sustentabilidade, Mobilidade e Serviços Digitais.

O Pará ficou em 1º lugar no ranking das exportações de minérios entre os Estados de todo o Brasil. O Boletim Econômico Mineral foi divulgado, na segunda-feira (6), pelo Sindicato das Indústrias Minerais (Simineral) e se refere ao primeiro semestre, quando o Pará participou com 34% das exportações do país.

Grande parte da produção é de itens de exportação, o que contribui para o saldo positivo da balança comercial e no aumento do Produto Interno Bruto. Dos 6,7 bilhões de dólares exportados de janeiro a junho de 2020, a mineração representou 88,6% das exportações totais do Estado.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS