Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Colunistas / Repórter Diário

REPÓRTER DIÁRIO

Mais de 7 mil pessoas já foram atendidas no Hospital Abelardo Santos em uma semana

quarta-feira, 06/05/2020, 09:06 - Atualizado em 06/05/2020, 09:05 - Autor: Repórter Diário


| Reprodução

A decisão do governador Helder Barbalho, anunciada ontem no começo da noite, de adotar o bloqueio total (lockdown), foi muito bem recebida pela população. A decisão foi adotada com base na queda alarmante dos níveis de isolamento social em Belém e na região metropolitana. Com a medida, o Pará passa a ser o segundo Estado a adotar o lockdown – o Maranhão instaurou o procedimento desde ontem. A restrição à circulação de pessoas nas ruas e área comercial é apontada por especialistas como a alternativa mais adequada para o combate à disseminação da pandemia.

DECRETO

O decreto do governo do Estado passa a vigorar amanhã, mas desde já serve para derrubar boatos e fake news sobre o fechamento de lojas em Belém. Ficam suspensas as atividades não essenciais, mas os serviços de alimentação, farmácias, portos, construção e indústrias, bem como os de delivery, continuam a funcionar. Nos últimos dias, as milícias digitais têm distribuído informações falsas pelos aplicativos de mensagens, mentindo sobre o funcionamento de farmácias e supermercados e assustando a população.

CAIXAS

Os 1,2 mil servidores da saúde do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), que atuam diretamente com pacientes contaminados, estão sendo obrigados a se deslocar até agências bancárias para receber seus pagamentos em dinheiro, já que os três caixas eletrônicos do hospital não estão funcionando há quatro dias. Com isso, os correntistas do Barros Barreto irão engrossar as filas em agências da cidade. Os funcionários mostram preocupação com o problema, que até ontem não havia sido solucionado.

INVESTIGAÇÃO

O Conselho Nacional do Ministério Público determinou que o Ministério Público do Estado instaure processo administrativo disciplinar para investigar a conduta do procurador de justiça Marcos Antônio Ferreira das Neves. Segundo denúncia apresentada pela Corregedoria Nacional do MP, Ferreira das Neves deve ser investigado por suposta inserção de declaração falsa em ofício dirigido ao conselho. Ele teria cometido violação de deveres funcionais, falta funcional análoga ao crime de falsidade ideológica, improbidade, litigância de má-fé e ofensa ao princípio da moralidade.

BARREIRA

Com receio da contaminação por turistas, moradores da Vila do Pesqueiro, em Soure, montaram uma barreira para impedir a entrada de visitantes. A população formada por 109 famílias tem o apoio da Prefeitura de Soure para fazer a segurança da entrada da vila, mas só funcionava nos finais de semana. Com o aumento do fluxo de pessoas, veio a decisão de reforçar o controle. Com o bloqueio da entrada da vila, está liberada apenas a entrada de moradores e de serviços de abastecimento, como alimentação.

RECORDE

Mais de 7 mil pessoas já foram atendidas no Hospital Abelardo (HRAS) Santos, em Icoaraci, desde o dia 30 de abril, quando a unidade passou a atuar como urgência e emergência (portas abertas) para pacientes com síndrome aguda respiratória relacionados à suspeita ou diagnóstico de Covid-19. O HRAS era um dos 11 hospitais de referência para internação de casos graves de Covid-19, mas o governador Helder Barbalho mudou o perfil para reforçar o sistema público de saúde. O hospital tem 65 leitos de UTI, 134 de enfermaria e uma ala de observação com 47 leitos.

LINHA DIRETA

- O governo federal enviou ao Pará somente 15 mil comprimidos de hidroxicloroquina. Essa quantidade atende apenas dois dias de atendimento na Policlínica e no hospital Abelardo Santos. Apesar disso, fake news sobre um suposto estoque do remédio continuam a desinformar as pessoas.

- A nota publicada no RD de domingo, sobre o extravio de um medicamento enviado pela TAM de São Paulo para Belém, acabou contribuindo para um desfecho satisfatório. O remédio foi entregue na madrugada seguinte, por iniciativa do gerente regional da empresa aérea em Manaus.

- A família entrou em contato com a coluna para agradecer pela divulgação do problema. A TAM providenciou a vinda do medicamento em outra empresa aérea para atender à família, pois a empresa só tinha voo programado para Belém nesta terça-feira, 5.

- A alfândega de Belém organizou força-tarefa para agilizar a liberação alfandegária de 200 respiradores e 1.600 bombas de infusão, destinados ao governo do Estado para o combate ao coronavírus. A atividade permitiu a liberação das mercadorias para que chegassem ainda ontem aos hospitais dos municípios mais distantes.

- O Unicef e seus parceiros técnicos realizam capacitações on-line direcionadas a todos os 1.924 municípios dos Estados do Semiárido e Amazônia legal brasileira. As primeiras capacitações começam pelos municípios paraibanos, paraenses, amapaenses e amazonenses, participantes do Selo Unicef.

- Os encontros serão virtuais, seguindo as recomendações de segurança das autoridades de saúde. A formação terá 12 videoaulas e uma série de encontros virtuais junto a gestores municipais. A agenda dos encontros on-line está disponível no site do Selo UNICEF: selounicef.org.br.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS