Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Colunistas / Repórter Diário

DESTAQUES

Reforma frustrada no Ver-o-Peso e cana de açúcar proibida na Amazônia; leia mais no Repórter Diário

sexta-feira, 24/04/2020, 10:05 - Atualizado em 24/04/2020, 11:30 - Autor: Repórter Diário


Tudo que você precisa saber sobre o que acontece no Pará
Tudo que você precisa saber sobre o que acontece no Pará | Reprodução Agência Belém e EBC

Os problemas com a reforma do Ver-o-Peso continuam nesses tempos de pandemia. A última da empresa responsável pelo projeto foi começar a troca da lona do setor de industrializados sem articular com os feirantes a retirada das mercadorias armazenadas lá. Resultado: as chuvas encharcaram os itens descobertos, causando prejuízo a pelo menos 56 barracas. Os feirantes agora querem saber quem vai pagar o prejuízo. Além disso, o suposto espaço para abrigar os setores durante a reforma, um galpão improvisado no estacionamento, não comporta todos os tipos de produtos vendidos na feira. A PMB, que já não ajuda, ainda cria mais problemas, reclamam eles com toda a razão.

FESTAS

Festas clandestinas, em quintais e sítios, continuam a desafiar as normas de isolamento social em Belém. Apesar da fiscalização exercida pela Polícia, são constantes as ocorrências de encontros do tipo “rave”, em balneários próximos à capital e até mesmo em casas da periferia, com bebida alcoólica, venda de alimentos e até música ao vivo. Jurunas, Souza, Marambaia e Coqueiro são alguns dos bairros com maior ocorrência desses eventos. As informações não são mais compartilhadas abertamente em postagens públicas nas redes sociais. Passaram a circular apenas em aplicativos de mensagens, grupos e perfis fechados.

CUBANOS

O presidente da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep) e prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, manifestou apoio ao governo do Estado na iniciativa de contratação de 86 médicos cubanos para atuação no Hospital de Campanha, no Hangar, e nas unidades básicas e de pronto-atendimento em Belém, que tem grande índice de infectados pela covid-19. O presidente sugere ainda que, se necessário, a ação se estenda aos municípios em igual situação. Os médicos cubanos atuaram em Belém e no interior do Estado no período de 2013 a 2018, durante a execução do Programa Mais Médicos.

COMPROMISSO

O presidente da Famep observa que os profissionais cubanos demonstraram “grande compromisso com a nossa população, uma vez que o Pará sofre, assim como as demais regiões brasileiras, com a baixa adesão de médicos à ação estratégica Brasil Conta Comigo – Profissionais da Saúde, criada no início do mês pelo Ministério da Saúde para o enfrentamento à Covid-19”. Todos os 86 médicos de Cuba têm autorização para residir de forma fixa e permanente no Brasil, com domicílio no Pará. “Incluir estes profissionais em nossa rede de saúde é uma forma de lidar com a alta procura por atendimento”, com ação rápida e eficiente.

MONITORAMENTO

Desde o dia 16 de abril, o Governo do Pará disponibiliza a todos os pacientes com resultado positivo para Covid-19 um serviço de telemonitoramento, com médicos e enfermeiros do Hospital Albert Einstein (HAE). O serviço, que resulta da parceria entre o hospital, a Sespa e a Prodepa, está substituindo, momentaneamente, o Projeto Telemedicina Pará. São oferecidas consultas médicas com especialistas do HAE, por meio de teleconsultoria, colocando em contato um médico especialista do Hospital Albert Einstein e o paciente, acompanhado por um clínico geral.

LINHA DIRETA

A Justiça Federal revogou o decreto 10.084, que autorizava a plantação de cana-de-açúcar na Amazônia. Com a decisão da juíza Jaiza Maria Fraxe, da 7ª Vara do Amazonas, o governo federal fica proibido de reeditar decreto até que apresente estudos técnicos e científicos demonstrando que canaviais não afetam meio ambiente na região.

Assinado pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, o decreto revogou o Decreto 6.961, de setembro de 2009, em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criou o zoneamento para plantio da cana e as operações de financiamento ao setor sucroalcooleiro.

Diretores e coordenadores da Secretaria da Fazenda estão realizando, toda semana, reuniões em videoconferência para discutir novas metodologias de trabalho com o uso da tecnologia. Uma das novidades em implementação nas unidades regionais é o uso das malhas fiscais, com o cruzamento de dados.

As reuniões remotas instituídas na Sefa são uma forma de manter a equipe integrada, estimulando o uso de novas ferramentas, como o domicílio eletrônico do contribuinte (DEC), que envia mensagens e notificações para o contribuinte por meio de caixa postal.

O TJPA está emitindo, gratuitamente, certidões judiciais negativas de distribuição cíveis. A emissão pode ser feita a partir do site do tribunal e a autenticidade do documento pode ser verificada na opção “autenticidade da certidão”. A certidão possui validade de 90 dias em todo o país.

O Cine Olympia, um dos mais antigos do Brasil, comemora 108 anos hoje, 24, e começa a receber homenagens de cinéfilos nas redes sociais. Os cuidados com a Covid-19 impedem que a data seja lembrada como convém: não haverá exibição de filmes na tradicional sala.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS