Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Colunistas / Repórter Diário

REPÓRTER DIÁRIO

Número de idosos no Pará e Zenaldo isolado pela covid; leia o RD!

quinta-feira, 23/04/2020, 09:30 - Atualizado em 23/04/2020, 09:30 - Autor: Repórter Diário


As notícias do Estado na coluna do Diário do Pará
As notícias do Estado na coluna do Diário do Pará | Reprodução

Números do IBGE indicam que o Pará tem hoje 794 mil habitantes com mais de 60 anos de idade, faixa considerada de risco à investida da pandemia de Covid-19. As informações do órgão foram revisadas em 2018 e mostram um crescimento da quantidade de idosos no Estado. São 465,5 mil idosos com 60 anos, 230,8 mil na casa dos 70 anos, 81,5 mil nos 80 e 15,9 mil com 90 anos ou mais. Para o IBGE, os dados permitem cálculo de indicadores com base na população e constituem informação para ajudar no momento da mais grave crise sanitária do país.

ABRIGO

Completa um mês hoje a iniciativa do governo do Estado para abrigar pessoas em situação vulnerável como medida no estádio Jornalista Edgar Proença e na Arena Guilherme Paraense. Cerca de 600 pessoas foram acolhidas, recebendo diariamente cinco refeições. O trabalho começa cedo, com a organização das filas (com prioridade para os idosos) para o café da manhã. Em 30 dias de ação, as equipes de atendimento já observam o aumento de peso de grande parte dos acolhidos, que na maioria das vezes chegaram ao Mangueirão abaixo do peso ideal.

FRONTEIRAS

Equipes da organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) já trabalham no Brasil no combate à Covid-19, atuando em São Paulo, que até agora concentra o maior número de casos no país, e em Boa Vista (RR), cidade onde concentra população significativa de migrantes em situação precária. Na capital paulista, as atividades envolvem o atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade, especialmente moradores de rua. Nos próximos dias, a MSF passará atuar também nas cidades do Rio de Janeiro e enviou uma equipe à Manaus para avaliar como contribuir em meio ao colapso do atendimento público.

FOGO

O desmatamento de 2020 pode alimentar uma nova estação intensa de fogo na Amazônia, especialmente em terras públicas sob a guarda da União e dos Estados. Só no primeiro trimestre deste ano, 50% do desmatamento registrado pelo sistema Deter, do Inpe, aconteceu nessas áreas. O destaque fica por conta das florestas públicas ainda não destinadas, terras devolutas que são alvo de grilagem e que respondem por 15% da Amazônia. Entre janeiro e março, 33% da derrubada aconteceram nessa categoria fundiária nos três primeiros meses de 2020, mais do que em qualquer outra.

PERIGOS

No geral, o desmatamento no primeiro trimestre deste ano foi 51% que o mesmo período do ano passado. Quando a estação seca chegar à Amazônia, as árvores derrubadas irão virar combustível para queimadas. Esse foi o ingrediente principal da temporada de fogo de 2019, problema que pode se repetir em 2020. Uma nota técnica que o Ipam lançou ontem reúne as principais informações sobre a estação de fogo de 2019 e sinalizam os perigos à vista. O número de focos de calor registrados na região em 2019 foi 81% mais alto do que a média entre 2011 e 2018.

ÁLCOOL

Em colaboração com o governo do Estado, a Cerpa doará nos próximos dias 10 mil unidades de álcool 70% 600ml. A distribuição aos hospitais será feita pela Secretaria Estadual de Saúde (Sespa) durante as ações contra a Covid-19. Em comunicado à imprensa, a empresa parabeniza o governo pelo trabalho que possibilitou empenho coletivo, viabilizando minimizar os efeitos da pandemia na sociedade. Ao mesmo tempo, alinhada com os órgãos públicos, reforça a importância das medidas de prevenção individuais para superar a atual situação de saúde pública.

LINHA DIRETA

A morte do ex-prefeito Nagib Mutran Neto consternou os meios políticos e empresariais de Marabá. Aos 62 anos, o médico e pecuarista estava internado desde o dia 18 de abril na UTI do hospital Porto Dias, em Belém. Apresentou melhoras, mas não resistiu a três paradas cardíacas na noite de terça-feira.

Com a saúde abalada desde o final de março, Nagib teve o quadro agravado nos últimos dias com problemas respiratórios. Tinha comprometimento de 70% de um lado do pulmão. A partir desse diagnóstico foi trazido para Belém, onde foi testado para Covid-19, mas o resultado ainda não saiu.

O prefeito de Belém revelou ontem que está em isolamento após seu motorista e o secretário municipal de Saúde testarem positivo para Covid-19. Ele deve fazer novo teste hoje. Internautas, implacáveis como sempre, avaliam que Zenaldo não corre perigo, afinal já vive confinado há 7 anos e quatro meses.

A Fundação Santa Casa de Misericórdia está recebendo currículos para a seleção de profissionais médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem e engenheiros clínicos, especializados ou com experiência profissional em UTI no atendimento a pacientes graves e com complicações respiratórias.

Os interessados devem preencher o formulário padrão, anexar currículo em formato PDF e enviar para o e-mail: seleçã[email protected], com a vaga pretendida: médico, enfermeiro, fisioterapeuta, técnico de enfermagem ou engenheiro clínico.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS