Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Colunistas / Repórter Diário

REPÓRTER DIÁRIO

Treta em votação na Câmara de Belém a restrições por causa da covid-19; leia o RD de hoje!

terça-feira, 17/03/2020, 09:38 - Atualizado em 17/03/2020, 09:39 - Autor: Repórter Diário


O Repórter Diário tem as principais informações para você ficar informado sobre o Estado
O Repórter Diário tem as principais informações para você ficar informado sobre o Estado | Reprodução

Na semana passada o vereador Fernando Carneiro (Psol) colocou em pauta para votação requerimento propondo uma sessão especial para discutir os alagamentos em Belém, suas consequências, o que o poder público deveria ter feito para prevenir a situação atual e o que está sendo feito agora. Foi votado e aprovado ontem. Ocorre que logo no início dos trabalhos o presidente da casa, Mauro Freitas, protocolou outro requerimento também solicitando uma sessão especial para “saber quais as medidas que estão sendo tomadas pela prefeitura para enfrentar os problemas dos alagamentos”.

MANOBRA

Carneiro subiu à tribuna para ironizar a iniciativa afirmando que nem os vereadores e tampouco a população são tolos para não perceber que se trata exatamente do mesmo assunto já aprovado. O vereador de oposição se disse surpreso por Freitas não saber o que o prefeito está fazendo em relação aos alagamentos, já que vive colado no alcaide. O psolista reforçou que o requerimento do residente da casa não devia sequer ter sido apresentado, mas que entende perfeitamente a manobra do presidente. Os dois requerimentos foram aprovados.

RESTRIÇÃO

O Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA), em nova portaria publicada ontem, ampliou ainda mais a abrangência das medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), restringindo ainda mais as condições de funcionamento e atendimento. De acordo com a nova portaria que altera a publicada dia 13, ficam suspensos, pelos próximos 30 dias, os prazos processuais de processos físicos, judiciais e administrativos, de 1º e 2º graus, em todo o Estado, ficando dispensado que advogados e partes compareçam às instalações do Tribunal. A suspensão não alcança os processos que tramitam pelos sistemas processuais eletrônicos.

ACOMPANHAMENTO

A Universidade Federal do Pará (UFPA) instalou na última sexta um Grupo de Trabalho (GT) com profissionais acadêmicos e da área da saúde para acompanhar a evolução do cenário epidemiológico do Covid-19 e divulgar recomendações à comunidade acadêmica. A iniciativa visa orientar medidas preventivas. O GT divulgou 7 recomendações, entre as quais manter as atividades acadêmicas regulares, cancelar viagens para o exterior e para estados com confirmação de transmissão comunitária do vírus e eventos nacionais e internacionais previstos para ocorrer na UFPA, até junho de 2020.

CUIDADO

Com o avanço do Coronavírus no Brasil e a escassez cada vez maior do álcool em gel 70% nas prateleiras das farmácias e supermercados, aumentam as buscas na Internet por receitas sobre como fazer álcool em gel caseiro. A receita pode ser uma armadilha que pode fazer o barato sair caro. Segundo especialistas o álcool em gel caseiro pode não ser eficaz, já que a produção, para garantir sua eficiência na desinfecção, precisa ser certificada em várias etapas.

SEM EFICIÊNCIA

Não basta apenas misturar o álcool com gel para ultrassom ou de cabelo, por exemplo. O doutor em química e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Ricardo Mathias Orlando, explica que o álcool em gel precisa permanecer o tempo necessário para garantir a ação antimicrobiana, não bastando, portanto, apenas misturar dois ingredientes, o que tira a eficiência do produto, fazendo com que não atue na membrana dos micro-organismos de forma correta, evaporando sem fazer o efeito desejado, já que não permanece tempo suficiente no local aplicado.

LINHA DIRETA

A equipe do Projeto de Extensão Roteiros Geo-Turísticos da UFPA cancelou o Roteiro Geo-Turístico do Ver-o-Peso e os próximos roteiros por tempo indeterminado como forma de seguir as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) de evitar aglomerações de modo a prevenir o aumento da propagação dos casos de coronavírus.

Luis Roberto Von Stecher Trench, presidente da Academia de Musicologia do Brasil homenageou o desembargador do Trabalho Vicente Malheiros da Fonseca nas redes sociais da instituição. Classificando o magistrado de “vulto da música erudita do Brasil”, ele lembra que Malheiros é estudioso e biógrafo da obra do pai, Maestro Isoca e “por ser um excelente Pesquisador da Cultura Paraense”.

O Pará está entre os 6 estados vizinhos e limítrofes - incluindo Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo - onde há circulação do vírus da Febre Amarela e onde ocorrerá campanha de vacinação a partir do dia 31.

A vacina é indicada para pessoas entre 9 meses e 59 anos de idade. Grávidas ou pessoas com 60 anos ou mais devem procurar orientações no serviço de saúde para avaliar a pertinência da vacinação. A estimativa de pessoas não vacinadas nesses estados é de aproximadamente 4,7 milhões de pessoas.

Assim como ocorreu no Ministério Público, TJ-PA e TRT-8, hoje é a vez da Defensoria Pública do Estado baixar portaria estabelecendo regime especial de trabalho com medidas temporárias de diminuição de circulação de pessoas nas dependências do órgão como medida preventiva à transmissão da Covid-19.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS