Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Colunistas / Repórter Diário

REPÓRTER DIÁRIO

Vagas em cervejaria no Pará e Lei contra abuso de autoridade estão no RD de hoje

segunda-feira, 06/01/2020, 09:56 - Atualizado em 06/01/2020, 09:55 - Autor: Repórter Diário


Essas e outras notícias do Pará você lê no Repórter Diário de hoje
Essas e outras notícias do Pará você lê no Repórter Diário de hoje | Reprodução

Alvo de discussões acaloradas no Congresso em 2019, entrou em vigor na sexta-feira (3) a lei contra o abuso de autoridade (nº 13.869/19), norma que expande o que a legislação anterior entendia como condutas excessivas por parte de servidores públicos e autoridades. Sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em setembro de 2019, com vetos a uma série de artigos – muitos restaurados posteriormente pelos parlamentares –, a agilidade na tramitação da lei é avaliada como reação política a excessos cometidos pela operação Lava Jato. O texto estava parado no Senado desde 2017.

AÇAÍ

Reportagem do site “The Intercept Brasil” realizada no Pará sob o título “Você prefere seu açaí com granola, banana ou trabalho infantil?” Aponta que crianças de até 12 anos de idade são usadas para apanhar açaí com uso de peconhas, por serem mais leves para subir em árvores de até 20 metros de altura. Além da peconha, as crianças levam um facão enfiado na bermuda. Segundo a reportagem, em alguns casos a atividade, considerada uma das mais perigosas do país, tem condições de trabalho análogo à escravidão. A consequência também é danosa para o futuro dessas crianças, já que elas acabam abandonando as salas de aula por conta da necessidade de ajudar no sustento da família.

EDUCAÇÃO

As escolas da rede estadual pré-selecionadas para o Programa Escola Acessível, do MEC, têm até 30 de janeiro para aderir ao “Escola Acessível”. O programa disponibiliza recursos financeiros para as unidades de ensino públicas contempladas com salas de recursos multifuncionais implantadas no ano anterior e com matrículas de estudantes, público-alvo da educação especial. O objetivo do projeto é promover condições de acessibilidade ao ambiente físico, aos recursos didáticos e pedagógicos e à comunicação nas escolas públicas de ensino regular.

RECURSOS

Os recursos serão usados na adequação arquitetônica e de sanitários, alargamento de portas e vias de acesso, colocação de sinalização tátil e visual, aquisição de mobiliário acessível e outros recursos. Cada escola recebe por ano entre R$ 9.960 e R$ 18 mil para execução das ações. No Pará, 120 escolas estaduais de diversos municípios foram pré-selecionadas pela Seduc em 2019 e agora precisam concluir o processo aderindo ao sistema no Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Interativo) e preencher o plano de atendimento no módulo “Escola Acessível”.

APOIO

O Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), através do projeto “A Floresta Sensível”, coordenado pelo pesquisador Glenn Shepard Jr., é uma das 15 organizações participantes do Camp Serrapilheira, que terão suas iniciativas de divulgação científica apoiadas em 2020 pelo instituto. Com isso, as organizações receberão consultoria e acompanhamento para o desenvolvimento de seus projetos, além de recursos financeiros. O Serrapilheira é uma instituição privada, que tem o objetivo de financiar pesquisas de excelência, com foco em produção de conhecimento e divulgação científica.

LINHA DIRETA

A Cervejaria Ambev abriu vagas para os cargos de promotor e auxiliar de marketing, em Redenção e Marabá. Todos os candidatos devem ter ensino médio completo, além de ter CNH A definitiva. Todas as vagas são para Pessoas com Deficiência (PcD).

O Polo Mangueirão da Fundação ParáPaz inicia hoje a matrícula e rematrícula para atividades esportivas realizadas no Estádio Jornalista Edgar Proença, com início previsto para 15 de janeiro. São ofertadas aulas gratuitas de futsal e tênis de mesa para crianças e jovens de 8 a 18 anos.

O Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB) inaugurou recentemente duas alas ambulatoriais com 37 novos consultórios para atendimento em endocrinologia, cardiologia, neurologia, nefrologia, clínica médica, cirurgia torácica, cirurgia de cabeça e pescoço, dentre outras especialidades.

Os novos equipamentos funcionarão em três turnos e possibilitarão a ampliação do atendimento à população. O Barros Barreto é vinculado ao Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA)/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

Os interessados em participar do primeiro processo seletivo para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Transtorno do Espectro Autista: Intervenções Multidisciplinares em Contextos Intersetoriais, tem até hoje para se inscrever pelo link www4.uepa.br/selecao/inscricoes. As inscrições são gratuitas.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS