Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Colunistas / Leandro Mazzini

PODER, POLÍTICA E MERCADO

Joaquim Barbosa na corrida eleitoral para 2022 é assunto da coluna Esplanada deste domingo (1º)

domingo, 01/09/2019, 08:31 - Atualizado em 01/09/2019, 09:45 - Autor: Redação


| Carlos Humberto/TSE/Divulgação

Barbosa vem aí

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que tornou-se nos últimos anos um dos ícones de ética e combate à corrupção, deu sinais ao PSB, ao qual é filiado, de que vai se candidatar a cargo majoritário em 2022. Ele pediu à cúpula – e também faz pesquisas – um tema que seja sua bandeira política-eleitoral. Barbosa ensaiou uma pré-candidatura à Presidência em 2018, foi citado em pesquisas e apareceu com bons índices para um neófito. Porém desistiu perto da convenção socialista.

Ponte aérea

Hoje advogado, o ex-ministro vive sua rotina entre Brasília, Rio de Janeiro – sua residência fixa – e Miami, onde tem um pequeno apartamento.

Derrocada

Enfraquecido em Pernambuco, o PT só elegeu, em 2016, sete prefeitos nos 185 municípios. Por falar em PSB, saiu-se bem maior, e controla hoje 68 cidades no Estado.

Oito meses

Jair Bolsonaro virou uma mistura de verborragia de Jânio Quadros, arrogância de João B. Figueiredo, megalomanismo de Fernando Collor e ufanismo de João Goulart.

Efeito João

A Prefeitura da pequena Abadiânia (GO), onde João de Deus atendia milhares de pessoas por semana, vindas de todo o mundo, revela à Coluna um dado assustador ligado diretamente à prisão do médium. De 62 pousadas em funcionamento até a revelação do escândalo dos assédios sexuais, apenas 5 funcionam oficialmente.

Porta trancada

Do total, 21 fecharam as portas, e 36 pousadas não deram mais notícias de operações, nem renovaram alvarás, exigência para funcionamento. A atualização do cadastro foi feita em julho. Abadiânia recebia 5 mil turistas brasileiros e estrangeiros por semana.

Os escondidos

Palacianos têm uma certeza. A despeito das quedas nas pesquisas de avaliação, há uma multidão País adentro que não está nas redes sociais ou responde pesquisas, e que concorda com Bolsonaro. É esse contingente que pode reelegê-lo em 2022.

Cadê?

A instalação do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado permanece empacada à espera da indicação de parlamentares pelas lideranças dos partidos na Casa. Formado por 15 titulares e mesmo número de suplentes, o colegiado é responsável pela análise de representações contra parlamentares.

Na moita

As investigações do Conselho podem resultar em advertência, censura e perda do mandato. Em julho, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, determinou aos líderes a indicação dos representantes, o que não ocorreu até agora. O Conselho deveria ter sido instalado no início da Legislatura, entre os meses de fevereiro e março.

Bate-cabeça

O MDB está dividido em Pernambuco. A ala do senador Jarbas Vasconcelos defende um vice na chapa encabeçada pelo PSB à Prefeitura do Recife. O senador Fernando Bezerra quer candidatura própria, visando sua candidatura ao Governo em 2022.

Saldo político

O PSB fez uma operação de marketing curiosa. Expulsou um deputado e suspendeu nove federais por apoio à Reforma da Previdência. Para bom entendedor em Brasília: Um paga o pato, os outros são alertados, porque o fundo eleitoral é valioso.

Emprego$

Total de vagas abertas pelos pequenos negócios é 50 vezes maior que o saldo de empregos gerados pelas médias e grandes empresas neste ano, conforme levantamento feito pelo SEBRAE com base no CAGED. Puxaram o saldo positivo os pequenos negócios do setor de serviços, com 20 mil postos de trabalho, tendo destaque o ramo imobiliário (15,2 mil).

Gás na praça

Presidente da Associação Brasileira da Indústria Química, Fernando Figueiredo afirma que o setor enfrenta dificuldades com a falta de gás natural a preços competitivos. Para ele, o pré-sal pode trazer os mesmos benefícios que o shale gás trouxe aos EUA. Lá, o aumento da produção de gás ajudou a dinamizar a indústria química, da construção, de máquinas e equipamentos e outros setores.

(Leandro Mazzini com Walmor Parente (DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE))

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS