Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Colunistas / Guilherme Augusto

COLUNA DO GUILHERME AUGUSTO

Cidade paraense suspende eleição de Conselho Tutelar após denúncia de corrupção

segunda-feira, 07/10/2019, 08:32 - Atualizado em 07/10/2019, 08:57 - Autor: Guilherme Augusto


| Agência Brasil

Fogo do amor

A Amazônia precisa do “fogo do amor”, diz o papa Francisco na abertura do Sínodo da Amazônia, ontem, no Vaticano.

Pacto descumprido

Enquanto isso, em Paragominas, no sudeste paraense, município que assumiu compromisso de cumprir pacto de desmatamento zero, descobriu-se neste fim de semana, entre outros crimes ambientais, madeira sem documentação e grandes queimadas em diversas áreas da região.

Patrimônio destruído

Já na localidade de Serra da Lua, em Monte Alegre (PA), no Baixo Amazonas, um incêndio atinge parque com pinturas rupestres de 11 mil anos. O incêndio começou na noite de sábado, 5. Brigadistas, segundo o noticiário, tentam conter o fogo.

Eleição suspensa

Soure, no Marajó, pode não ter realizado eleições para Conselho Tutelar, ontem, por conta de denúncia de supostas irregularidades apontadas pelo Ministério Público do Estado. O pleito estava previsto para acontecer em todas as cidades brasileiras, mas no caso do município marajoara a Justiça acatou pedido feito por meio de uma Ação Civil Pública do MPE, que tramita em segredo na Justiça, pedindo a anulação da consulta.

Pra que Conselho?

O objetivo do Conselho Tutelar é zelar, fiscalizar se a família, a comunidade, a sociedade em geral e o Poder Público estão garantindo o cumprimento dos princípios do Estatuto das Crianças e dos Adolescentes e da Constituição. Em cada município do país deve ter pelo menos um Conselho Tutelar, instituído por lei municipal, composto de cinco membros.

Batalha eleitoral

Em algumas cidades, em todo o Brasil, o Conselho ganhou tanta importância que em torno dele os partidos políticos travam batalha eleitoral para eleger seus indicados para o cargo. Por isso, as ocorrências de irregularidades não chegam a surpreender. Há situações de conflito que chegam a ser levadas para serem resolvidas ou não em delegacias de polícia.

Breves em Belém

Por falar no Marajó, os filhos de Breves e de outras cidades do arquipélago realizam mais uma vez um encontro em Belém para festejar o Círio e pré-réveillon, como sempre no Canoas Bar, na Bom Jardim, entre Óbidos e Almirante Tamandaré, na Cidade Velha, na próxima 6ª feira, dia 11. Começa à tarde e não tem hora para acabar.

Viva Irmã Dulce

Circula nas redes sociais que uma caravana de senadores vai à canonização de Irmã Dulce, no próximo domingo, e com isso atrasa a aprovação da Previdência. “O povo agradece a Irmã Dulce por mais essa graça alcançada”, diz o texto do agradecimento.

Lobão ou Lobinho?

Já começaram as vendas em shoppings de Belém do show Rock na Veia, dia 9 de novembro, na Assembleia Paraense, reunindo no mesmo palco os roqueiros Lobão, Marquinho Duran e IRA! O mutante Lobão assinou contrato onde consta um item que proíbe o artista de falar de política durante o espetáculo. Aqui pra nós, quem acredita que ele vá cumprir essa cláusula? Aliás, tomara que ignore o contrato limitando sua apresentação. Se não for Lobão corre o risco de virar Lobinho.

Verde-bicolor

O Paysandu ganhou o jogo decisivo da Copa Verde, ontem, porque foi o melhor em campo. Simples assim. O Remo perdeu a partida para a pontaria dos atacantes do time, que não sabem onde ficam as traves. Agora o Leão terá merecido descanso.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS