Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


31°
R$

Colunistas / Gerson Nogueira

Gerson Nogueira

Os Tiagos do Papão e as apostas eletrônicas dos clubes na coluna Gerson Nogueira

quinta-feira, 16/05/2019, 09:26 - Atualizado em 16/05/2019, 10:16 - Autor:


O Papão e seus Tiagos


Tiago Primão pode jogar ao lado de Tiago Luís? Primão dá conta de cuidar da transição da criação de jogadas? Tiago Luís aguenta 90 minutos?


São as dúvidas e perguntas que alimentam as discussões entre torcedores e que, seguramente, devem estar na pauta diária da comissão técnica antes das três partidas que o time fará longe de Belém a partir de domingo.


Para o primeiro compromisso, domingo, contra o Volta Redonda, é improvável que Léo Condé arrisque com Tiago Luís desde o começo da partida, para não correr o risco de queimar uma substituição certa.


Primão, que não é o organizador dos sonhos de Condé e nem da torcida, vai permanecendo como titular por exclusão, visto que não há outro jogador em condições de substituí-lo de imediato.


Recém-chegado, Tiago Luís deve entrar aos poucos, como no confronto com o Juventude, quando jogou por 25 minutos. Mesmo aparentemente bem fisicamente, há consenso na Curuzu quanto às exigências físicas da Série C.


O grande problema está na capacidade criativa do time quando Primão é o encarregado de elaborar as jogadas e comandar a transição. Nas três partidas iniciais, ele sempre ficou aquém das expectativas.


Primão nem jogou tão mal contra o Juventude, mas poderia ter sido mais participativo e agudo quando o PSC tinha controlava as ações no primeiro tempo. Alterna momentos de distração com lampejos de lucidez tática, como quando optou por chutes de média distância, ameaçando a defesa gaúcha.


Não há, porém, qualquer dúvida quanto ao futuro dono da camisa 10 (mesmo que ela tenha outro número, no caso o 40): o clube investiu alto para que Tiago Luís voltasse, o que obviamente indica que o jogador não veio para integrar o banco de suplentes.


Caberá a Condé avaliar o momento certo de delegar ao jogador as responsabilidades de administrar a meia-cancha bicolor, setor que tem quase tantas deficiências quanto o ataque.


A batata quente está em suas mãos. O fator tempo é crucial. Condé não pode escalar Tiago Luís como titular de imediato, nem pode correr o risco de retardar muito essa decisão, sob o risco de vir a pagar caro pela demora.


Clubes associam marca ao desafio das apostas eletrônicas


Alguns clubes já fecharam contrato para exibir o nome dos sites de apostas em suas camisas. Corinthians, Santos e Botafogo saíram na frente aceitando a nova modalidade de patrocínio, mas o fato é que ainda reina muita desconfiança quanto aos riscos para a 
imagem das agremiações.


A Lei 13.756/2018, que legalizou as apostas esportivas no Brasil, foi sancionada em dezembro e tem propiciado uma verdadeira febre entre os torcedores, criando uma nova modalidade 
de apostas via internet.


Dentre as arrecadações previstas pela movimentação das casas de apostas, o patrocínio já era praticado nos países legalizados e chega agora ao Brasil proporcionando parcerias com times de futebol.


A tendência é que esses patrocínios cresçam nos campeonatos do país e, assim como os times de campeonatos como NBA, os nomes de casas de apostas se popularizem, ao mesmo tempo em que devem se tornar mais transparentes os processos de fiscalização do jogo.


Torneio esportivo para esclarecer e orientar jovens


Um torneio esportivo será realizado hoje, no Estádio Jornalista Edgar Proença, o Mangueirão, reunindo mais de 100 jovens e crianças, dentro da programação da Semana Paraense de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que tem o seu dia D no próximo sábado (18), e do Maio Laranja. A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) e do ParáPaz.


O torneio esportivo terá partidas de futsal, vôlei, tênis de mesa e atletismo (arremesso de dardos). Antes do início do torneio, haverá uma roda de conversa com os participantes acerca da temática da semana.


Os meninos e meninas que participam do torneio estão matriculados nas novas turmas do projeto Talentos Esportivos, que continua com inscrições abertas. Além das competições nas modalidades esportivas, o evento também prevê uma sessão de cinema, às 15h30.


Direto do blog campeão


“O Remo, durante anos de disputa nos brasileiros das Séries D e C, necessitava de uma estratégia inteligente de jogo em busca de resultados positivos, principalmente em jogos fora de casa. Na atual competição, vimos um time, que apesar de algumas falhas de marcação, vem trazendo resultados convincentes. Tudo bem que não sejam partidas primorosas, mas devemos considerar o objetivo proposto pelo treinador, experiente e campeão em outras jornadas da C. O início é alvissareiro, e cabe ainda maior evolução tática e técnica de alguns jogadores, assim poderemos ter a convicção de que esse plantel pode nos agraciar com o acesso, mesmo sendo cedo para tanto. Mas repito, tem algo diferente nessa campanha, vejo um time determinado, toque de bola e principalmente uma proposta de jogo. E assim vamos, meu Leão mais querido!”.


Lucilo Filho, satisfeito com o começo auspicioso do Leão na Série C

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS