Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Baladas e Badalados

SEGURANÇA

No Pará, Sérgio Moro destaca queda nos índices de violência

terça-feira, 08/10/2019, 07:40 - Atualizado em 08/10/2019, 07:40 - Autor: Alexandra Cavalcanti e Luiz Guilherme Ramos/Diário do Pará


| Ney Marcondes/Diário do Pará

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, esteve no Pará ontem (7), em visita a Belém e Ananindeua. Ele também esteve no Complexo Penitenciário de Americano, em Santa Izabel e no Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), em Marituba. Na ocasião, o ministro destacou a redução de 54% nos homicídios registrados no mês passado, comparado com o mesmo período de 2018 em Ananindeua. O município é um dos cinco do Brasil que recebe o Projeto-piloto “Em frente, Brasil”, de enfrentamento à criminalidade violenta, do Governo Federal, em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura do município.

O balanço foi apresentado durante uma coletiva de imprensa no Palácio com Governo, onde o ministro foi recebido pelo governador Helder Barbalho. Além da queda no índice de homicídios, o município também registrou redução das taxas de latrocínio em 100% e roubos em 20%, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Os dados são da Secretaria de Inteligência e Análise Criminal, vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). Desde o início do mês passado, o projeto atua em quatro Áreas Integradas de Operações (AIOs), que reúnem 14 bairros do município, entre os quais Icuí-Guajará, 40 horas, Aurá e Jaderlândia.

Na ocasião, o ministro destacou que o “Em frente, Brasil” é um projeto-piloto, que tem como palavra-chave a integração. “Esse não é um projeto do Governo Federal. A ideia aqui é uma verdadeira união, uma parceria com os governadores dos estados, com os prefeitos dos municípios, para que tenhamos ação conjunta integrada, não só das forças federais, estaduais e municipais, mas igualmente dos agentes de políticas públicas transformadoras”, destacou Moro.

O “Em frente, Brasil” tem como foco o combate a crimes violentos, tais como homicídios, estupros, feminicídios, roubos e latrocínios. “É preciso ter mais policiais nas ruas. É importante retirarmos de circulação o criminoso violento. Mas também temos que enfrentar as causas da criminalidade relacionadas à degradação urbana, ao abandono e, para isso, precisamos aliar políticas de segurança sólidas com políticas de outra natureza”, enfatizou o ministro.

REDUÇÕES

O governador Helder Barbalho destacou que o estado como um todo já vinha registrando reduções nos índices de violência urbana desde o começo do ano, fruto do trabalho integrado das forças de segurança. “Para se ter uma ideia, apenas no município de Ananindeua, nesses primeiros sete dias no mês de outubro, estamos com índice de homicídio zero. Isso demonstra que estamos no caminho certo”, ressaltou.

O governador também citou o programa Territórios pela Paz (TerPaz), que vem atuando para a diminuição da vulnerabilidade social e o enfrentamento das dinâmicas da violência, a partir da articulação de ações de segurança pública e ações de cidadania em sete bairros da Grande Belém: Guamá, Jurunas, Terra Firme, Bengui e Cabanagem (Belém), Icuí (Ananindeua) e Nova União (Marituba). “Não se faz segurança sem a polícia, mas não se faz segurança só com a polícia. É preciso atuar de forma transversal fazendo um trabalho de transformação social, com o incremento da saúde, da educação, da infraestrutura e da renda”, destacou Helder Barbalho.

Governador e ministro visitaram o complexo de Americano

À tarde, o governador Helder Barbalho acompanhou o ministro Sérgio Moro em uma visita técnica no Complexo Penitenciário de Americano, em Santa Izabel. A agenda iniciou com a apresentação dos agentes que atuam na Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (Ftip) do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) nas unidades prisionais do Pará. O trabalho do grupo iniciou em agosto e ainda está em andamento. O chefe do Executivo estadual agradeceu a colaboração da Ftip e falou da parceria entre os governos estadual e federal para garantir a segurança e a ordem nos presídios.

“É importante mostrar aquilo que está sendo feito para transformar os nossos presídios do estado em presídios que atendam procedimentos e protocolos semelhantes às unidades federais que são exemplos de regras e normas, que estejam adequados para preservar o direito do apenado, mas, ao mesmo tempo, garantir que o estado tenha absoluto domínio e coordenação das casas penais paraenses”, disse Helder Barbalho.

Ainda durante a tarde, a comitiva foi até a Escola Estadual Maria de Nazaré Marques Rios, no bairro do Icuí-Guajará, onde é desenvolvido o programa Formação Digital Cenas de Paz, que consiste em oferecer curso básico de informática aos jovens que nunca tiveram contato com o mundo digital. Atualmente, dos 702 alunos da escola, 400 já são atendidos.

“O TerPaz entrou na escola no dia 29 de julho. Veio com o grande objetivo de trabalhar e reduzir a criminalidade aqui na comunidade. A escola tem condições de fazer melhor em todos os sentidos”, comemora a diretora da unidade, Rosa Teixeira.

Um grande aparato de segurança coordenado pela Polícia Federal foi montado para a chegada do Ministro. O governador e o ministro assistiram a apresentação da guarda mirim e após o ato, este fez um pequeno discurso entusiasmado. “Parabéns pelo trabalho. Fico muito feliz em ver a qualidade do projeto em uma escola pública e o quanto ele modifica a realidade dos jovens”, declarou.

Segundo ele, o Governo Federal tem se debruçado no combate à criminalidade através da educação e da inclusão social. “Mais adiante vamos promover uma série de ações sociais de cunho urbano. Agora, quem tem o real poder de transformar a comunidade, são os moradores. Vocês podem fazer tudo e podem ser tudo o que quiserem, com estudo e dedicação”. Na saída, Sérgio Moro e o governador foram bastante aplaudidos pela comunidade e, por volta das 17h30, encerraram a agenda no município.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS