Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

SetransBel propõe passagem de ônibus a R$ 3,40

Quarta-Feira, 11/01/2017, 15:05:23 - Atualizado em 11/01/2017, 16:36:02 Ver comentário(s) A- A+

SetransBel propõe passagem de ônibus a R$ 3,40 (Foto: Diário do Pará/Arquivo)
Reunião nesta segunda-feira (16) definirá o novo valor da tarifa de ônibus. (Foto: Diário do Pará/Arquivo)

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros Belém (SetransBel) propôs o aumento na passagem de ônibus para R$ 3,40, ou seja, um aumento de 26%.

A proposta, entretanto, será apreciada nesta segunda-feira (16), às 15h, durante reunião na Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém (Semob).

Em entrevista ao DOL, Paulo Gomes, da SetransBel afirma que o aumento da tarifa levou em consideração pontos como a diminuição de passageiros pagantes e menos pessoas andando de ônibus; o aumento do óleo diesel que este ano, só no mês de janeiro teve dois reajustes e o impacto na mão de obra, aliada as interrupções de vias e congestionamentos do dia-a-dia, representando uma oneração na folha de pagamento.

“Esse congelamento é prejudicial para o sistema e para a qualidade dos serviços. Estamos há oito meses com a tarifa congelada desde o último reajuste aprovado pelo conselho. A melhoria dos serviços é custeada pelo pagamento da tarifa”, explica Paulo.

O valor considerado acima da inflação é justificado pelos empresários de ônibus devido a “pagarmos hoje a maior carga tributária do Brasil“.

“Esse percentual acima da inflação é porque outros pontos também   tem reajustes acima da inflação. Fortaleza está indo para R$ 3,20; Teresina está em R$ 3,30 e para não irmos tão longe, em Marabá, o reajuste foi para R$ 3,30”, afirma Paulo.OUTRAS PROPOSTAS

A Semob propõe que a passagem, que hoje custa R$ 2,70, suba para R$ 3,15, um reajuste equivalente a aproximadamente 17%. Já o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) propõe o valor de R$ 3,10.

E você, internauta, como receberá o aumento da tarifa de ônibus? De que forma esse aumento impactará no seu bolso e na situação financeira da sua família?

(DOL)



Comentários