Tuédoidé? / Viral

'DE OLHO NO ZAP'

Cliente distraído no celular não percebe assalto em bar; veja vídeo

Quarta-Feira, 24/10/2018, 15:11:46 - Atualizado em 24/10/2018, 17:52:13 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Cliente distraído no celular não percebe assalto em bar; veja vídeo (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Algumas pessoas ficam tão concentradas no celular que parecem esquecer do mundo ao redor, mas um homem levou isso ao extremo: ele simplesmente não percebeu um assalto em um bar onde estava, no qual todos os clientes foram obrigados a deitar no chão. O caso ocorreu na cidade de Nova Serrana, no Estado de Minas Gerais, e viralizou nas redes sociais.

Segundo a Polícia Militar mineira, o crime foi cometido no último sábado (21) por um homem de blusa preta e calça jeans, armado com um revólver. O criminoso anunciou o assalto,  roubou uma bolsa de uma das vítimas que continha um celular, documentos e R$ 200 em dinheiro. Ele fugiu e não foi localizado.

O vídeo mostra o momento em que o homem invade o bar, e a maioria dos clientes se abaixa ou deita no chão. Enquanto isso, um homem que estava no balcão continua usando no celular como se nada estivesse acontecendo.

Somente depois da fuga do assaltante, ele se assusta e tenta se esconder.

Proprietária fala sobre assalto

O portal Estado de Minas conversou com a proprietária do bar, que relatou toda ação criminosa. “O bandido gritou 'assalto' do lado de fora, por isso que o pessoal na porta se deitou e ele (o rapaz distraído com celular) não percebeu. Tem também outro cliente que está sentado que não entende o que está acontecendo”, relatou a empresária.

Ela ainda falou que só após o crime ele se assustou e tentou fugir. “O mais engraçado é que depois que o assalto acabou, ele viu o que estava acontecendo e entrou para minha casa correndo, para se esconder” contou aos risos.

Com a repercussão do vídeo, muitas teorias surgiram. Uma delas acusa o homem de conhecer e ser cúmplice do assaltante. Essa hipótese foi prontamente desmentida pela dona do estabelecimento. “Ele é um rapaz muito trabalhador, humilde, não tem nenhuma relação com o crime” afirmou.

(Com informações do Estado de Minas)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL