Notícias / zAppzApp

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Homem é morto com três tiros em serraria

Terça-Feira, 08/08/2017, 09:29:24 - Atualizado em 08/08/2017, 10:29:08 Ver comentário(s) A- A+

Homem é morto com três tiros em serraria (Foto: Mário Quadros)
(Foto: Mário Quadros)

Máquinas, serragens e móveis compunham o espaço de uma serraria, localizada na estrada da comunidade Fama, no Outeiro, distrito de Belém. Debaixo de um dos aparelhos estava deitado Cristiano Xavier Gonçalves, 30 anos, que trabalhava no local. Contudo, não tirava uma soneca da tarde: estava morto após levar 3 tiros por volta das 14h30 de ontem. 

Segundo policiais militares, Cristiano Xavier Gonçalves estava trabalhando, quando chegaram à serraria 2 homens encapuzados. “Testemunhas contaram que os matadores chegaram em um carro azul, mas ninguém soube dizer a placa e o modelo desse veículo”, disse o tenente PM Lima. 

A “visita” não foi para encomendar móveis e sim para matar o rapaz. “As pessoas disseram que ouviram uns 5 tiros. O certo é que, pelo visto, ele ainda tentou correr aqui dentro, mas foi alcançado e caiu morto debaixo dessa máquina”, completou o tenente Lima. 

A motivação para o crime não foi descoberta pelos policiais. Os familiares desconhecem se Cristiano Xavier Gonçalves tinha algum envolvimento com a criminalidade ou se estaria sendo ameaçado de morte. Apesar disso, o tenente PM Lima afirma que a morte da vítima tem características de execução, já que nada dela foi roubado. 

Policiais civis da Divisão de Homicídios (DH) estiveram no local, ouviram testemunhas do crime e os familiares da vítima. Um inquérito foi aberto para esclarecer o caso. Técnicos do Centro de Perícias Científicas (CPC) também estiveram no local e confirmaram que Cristiano Xavier foi morto com 3 tiros, que o acertaram na cabeça (2) e nas costas. 

OUTRO BALEADO 

Ainda de acordo com o tenente PM Lima, durante a fuga os ocupantes do carro azul ainda balearam um mototaxista, que foi identificado como Adriano Gonçalves da Silva, 22 anos, na avenida Paulo Costa, que dá acesso à estrada do Fama. Apesar disso, a polícia não garantiu que os casos estejam relacionados.

(Alexandre Nascimento)



Conteúdo Relacionado:



Comentários