Notícias / Tecnologia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Novo app feminista veta genitálias masculinas

Quarta-Feira, 14/10/2015, 09:06:14 - Atualizado em 14/10/2015, 09:56:03 Ver comentário(s) A- A+

Novo app feminista veta genitálias masculinas (Foto: Divulgação / BBC Brasil)
O aplicativo visa colocar fim ao assédio que as mulheres sofrem online. (Foto: Divulgação / BBC Brasil)

Fotos de genitálias masculinas enviadas por bate-papo às mulheres sem que elas tenham pedido estão vetadas pelo em um “app feminista de paquera”. De acordo com Whitney Wolf, cofundadora do aplicativo Tinder, visa colocar fim ao assédio que as mulheres sofrem online.

Caberá apenas às mulheres, escolher com quais parceiros haverá contato mais íntimo, já que o app impede que homens iniciem conversas.

A empreendedora, de 26 anos, garante que esta medida faz com que os homens acabem sendo mais educados, porque são as mulheres que dão o primeiro passo.

“Nós trabalhamos, criamos, apoiamos nós mesmas e isso é algo estimulante. A única coisa que não se atualizou foi a maneira como nos relacionamos. Independente do seu país ou faixa etária, ainda persiste uma regra não escrita de que o homem é que tem que tomar a iniciativa (na paquera) e sair à caça”, diz Whitney, em entrevista à BBC.

Whitney afirma ainda, que quando a mulher toma a iniciativa, “os homens normalmente se sentem envaidecidos e se comportam de maneira muito mais educada”.

(DOL com informações do Terra)

Leia também:

Comentários