Notícias / Polícia

PRESO

‘Cilinho’: morte de PM condenado por milícia circula nas redes sociais

Quinta-Feira, 15/11/2018, 15:37:50 - Atualizado em 15/11/2018, 17:30:35 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

‘Cilinho’: morte de PM condenado por milícia circula nas redes sociais (Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)
(Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)

Circulam na redes sociais, nesta quinta-feira (15), informações de que o cabo reformado da PM, Otacílio José Queiroz Gonçalves, conhecido como “Cilinho”, teria morrido após sofrer um infarto no Centro de Reclusão Coronel Anastácio das Neves (CECRAN), no Complexo Penitenciário de Santa Izabel, na Região Metropolitana de Belém. 

Procurada pelo DOL, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) informou que “Cilinho” teve um problema no coração e foi levado para um hospital particular, na segunda-feira (12), onde recebeu atendimento. Ele já recebeu alta médica e retornou, nesta quinta-feira para o Centro de Reclusão.

Otacílio José foi condenado a 29 anos de prisão por homicídio qualificado e crime de milícia privada. A pena para o assassinato do jovem Eduardo Felipe Chaves, de 16 anos, assassinado na Chacina de Belém, como ficou conhecida uma sequência de homicídios ocorridos entre os dias 4 e 5 de novembro de 2014, foi de 22 anos de reclusão, enquanto que pelo envolvimento com milícia, o ex-policial foi condenado a sete anos.

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL