Notícias / Polícia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Três suspeitos de roubo a banco em Curuçá são presos

Quinta-Feira, 12/10/2017, 18:24:34 - Atualizado em 12/10/2017, 18:25:02 Ver comentário(s) A- A+

Três suspeitos de roubo a banco em Curuçá são presos (Foto: Via WhatsApp)
Quartel da Polícia Militar de Curuçá também foi alvo dos criminosos (Foto: Via WhatsApp)

Foram presos três suspeitos de envolvimento no assalto à agência do Banco de Brasil, em Curuçá, nordeste paraense, cometido na madrugada desta quinta-feira (12). Uma arma de fogo longa e carregadores de armamento também foram apreendidos.

De acordo com informações da Polícia Civil, as prisões foram realizadas em um ramal na zona rural do município.

“Por questões de segurança, os presos estão sendo conduzidos para a Superintendência de Castanhal. Uma equipe de policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos, está em deslocamento para Castanhal, além de policiais civis da Delegacia de Curuçá, para realizar a autuação em flagrante dos presos”, informou a Polícia Civil, por meio de nota.

Equipes das polícias Civil e Militar ainda fazem buscas, em Curuçá, por outros criminosos envolvidos no roubo.

“A Polícia Civil ainda não tem confirmação se os assaltantes conseguiram roubar valores em dinheiro do banco, pois a gerência ainda vai fazer a conferência. Durante a ação criminosa, os assaltantes dispararam contra o destacamento da PM de Curuçá para impedir a saída dos policiais militares do quartel. Ninguém se feriu”, declarou também a Polícia Civil.

As investigações serão presididas pela Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos, da DRCO, com apoio da Superintendência Regional de Castanhal e da Delegacia de Curuçá.

Assalto na madrugada

Por volta de 4h desta quinta-feira (12), um grupo de aproximadamente dez assaltantes armados e usando, pelo menos, cinco carros, chegou ao município de Curuçá, nordeste paraense, atirando em direção ao quartel da Polícia Militar. O portão e o muro do local ficaram crivados de balas.

Enquanto isso, outros integrantes do bando foram até o Banco do Brasil, onde invadiram o local a tiros e instalaram explosivos em, pelo menos, dois caixas de autoatendimento bancário.

Após a explosão, os criminosos saíram em fuga, levando três reféns, que nos veículos, inclusive no capô dos carros. Na fuga, abandonaram reféns e seguiram em fuga em direção à estrada principal, tomando sentido da zona rural do município. Houve o início de perseguição policial e troca de tiros na fuga.

(DOL)

 





Comentários