Notícias / Polícia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Estudante é assaltada dentro de campus da UFPA

Quinta-Feira, 27/04/2017, 10:46:04 - Atualizado em 27/04/2017, 14:54:08 Ver comentário(s) A- A+

Estudante é assaltada dentro de campus da UFPA (Foto: Wagner Santana)
(Foto: Wagner Santana)

Por volta de 18h da última quarta-feira (26), uma aluna do curso de Meteorologia, da Universidade Federal do Pará (UFPA), foi assaltada dentro do campus Guamá da instituição.

De acordo com a estudante, ela saía da instituição e caminhava até o terminal de ônibus da UFPA quando, ao passar pelo trecho conhecido como "Bosquinho", foi abordada por três homens.

 

Imagem: Reprodução do Boletim de Ocorrência registrado pela jovem

Segundo a jovem, eles levaram seu celular, pularam o muro, atravessaram a avenida Perimetral e sumiram. O panorama de insegurança pode ser acentuado com o início das aulas dos calouros esta semana. "Calouros são mais distraídos. Eu que sou veterana não escapei...", desabafou a jovem.

A reportagem do DOL entrou em contato com a Polícia Civil para saber como está o andamento das investigações e com a UFPA para saber qual o posicionamento da instituição sobre o caso.

Em nota, a Universidade Federal do Pará (UFPA) informou que não há registro de ocorrência que se enquadre nesta descrição, nem junto à Diretoria de Segurança da UFPA, nem na Delegacia do Guamá. A UFPA incentiva a comunidade universitária e os visitantes a registrarem todas as situações envolvendo a segurança no campus, pois, apenas diante dos dados é que o setor responsável pode aperfeiçoar o sistema, investigar os casos e/ou mesmo tomar medidas que ajudam a prevenir que situações semelhantes voltem a ocorrer.
A Segurança na UFPA funciona 24h, todos os dias da semana e é feita por uma equipe de dezenas de vigilantes, entre servidores e funcionários de uma empresa terceirizada; usa uma Central de Monitoramento Eletrônico com câmeras HDTV as quais possuem ângulo de 360º e, recentemente, a coordenadoria de vigilância passou ainda a realizar rondas motorizadas (com motocicletas) na Cidade Universitária José da Silveira Netto. 

(DOL)





Comentários