Notícias / Polícia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Polícia Federal está atrás de radialista foragido

Quarta-Feira, 25/05/2016, 11:29:52 - Atualizado em 25/05/2016, 11:45:28 Ver comentário(s) A- A+

Polícia Federal está atrás de radialista foragido (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A Polícia Federal continua as buscas pelo radialista Raimundo Nonato Pereiria, da MIX FM, que foi alvo de uma mandado de prisão preventiva durante a Operação Lessons, que busca desarticular um esquema de desvio de dinheiro público em uma fornecedora de materiais didáticos para prefeituras.

"É o único mandado que ainda não foi cumprido. Estamos com equipes fazendo diligências na busca por ele", afirmou o delegado Alexandre Brabo, responsável pela Operação. "Estamos analisando o material coletado, e observamos elementos que caracterizam o crime em uma das prefeituras investigadas, mas ainda não podemos divulgar muitos detalhes sobre o andamento da operação", disse ao DOL nesta quarta-feira.

Operação

A Operação cumpriu 15 mandados de busca e apreensão, dois de prisão preventiva, três de prisão temporária e oito conduções coercitivas nos municípios de Belém, Marituba, Tomé-Açu, Acará, Inhangapi e Vitória do Xingu. O mandado contra Notato Pereira é o único que continua aberto.

Durante a busca e apreensão na residência dele, ontem, a polícia encontrou R$ 76 mil em espécie, além de mil dólares e maconha. O delegado explicou que Nonato não fazia parte do quadro societário da BR7, mas mantinha contato direto nas atividades junto a Alberto. "Ele demonstrou participação importante em conseguir novos contratos para a empresa. Nonato tinha um relacionamento muito próximo com o empresário. Ele passava as informações da forma que era para ser apresentada na rádio e recebia pagamentos regulares do investigado", explicou o delegado. A MIX FM pertence ao ex-governador Carlos Santos.

O radialista deve responder por associação criminosa e peculato (desvio de dinheiro público para proveito próprio). Somados, os crimes podem chegar a 15 anos de prisão, além de pagamento de multa.

Vídeo mostra policiais com dinheiro apreendido na casa de Nonato. Assista:

(DOL)





Comentários