Notícias / Polícia

Acusado de tráfico jura inocência

Terça-Feira, 11/10/2011, 02:36:43 1 comentários

Tamanho da fonte: A- A+
Acusado de tráfico jura inocência (Foto: ASCOM/POLÍCIA CIVIL)
Deivison disse que foi preso sem motivos pela polícia (Foto: ASCOM/POLÍCIA CIVIL)

Mais um homem acusado de traficar drogas acabou caindo nas malhas de policiais do 12º Batalhão que tem à frente o tenente coronel Gilmar Jardim de Melo. Deivison Rosário da Natividade, de 23 anos, acabou atrás das grades depois de ter sido encontrado com nove petecas de cocaína e uma determinada quantia em dinheiro.

O cabo Alvis informou que estava em ronda juntamente com o cabo Damasceno e soldado Almeida quando foram comunicados que um homem de camisa verde vendia drogas na rua Ivone Holanda, no bairro Jardim das Acácias em Santa Izabel do Pará.
Os policiais militares começaram a monitorar o local encontrando um homem identificado como Deivison Rosário da Natividade cujas características “batiam” com as do denunciado.

Os policiais tentaram prender Deivison que conseguiu fugir. Na segunda tentativa o homem acabou preso. Na revista, o entorpecente foi encontrado em poder de Deivison. A quantia de R$ 39,10 também foi achada com o acusado, que foi conduzido pelo cabo Alvis para a Seccional Urbana de Santa Izabel onde foi autuado com base na lei do Entorpecente.

SEM EXPLICAÇÃO
Em depoimento, Deivison Rosário da Natividade nega ser o dono da droga e que também não é viciado, só não soube explicar porque fugia da ação policial. “Eu ia para a casa da minha sogra no jardim das Acácias, buscar a minha mulher quando fui cercado pela PM”, justificou Deivison Rosário.

Para os policiais militares que participaram da ação a prisão dos grandes chefes do tráfico no bairro Jardim das Acácias acabou gerando a migração de novos supostos traficantes que passaram a assumir as “bocas” com intuito de levantar dinheiro para pagar advogados para os que estão nas cadeias. (Diário do Pará)

Faça seu comentário. Clique aqui!

1 Comentários

Mais de Polícia

Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

EDIÇÃO ELETRÔNICA