Notícias / Pará

SOCOS E CHUTES

Condutor desce de carro e parte para briga com agente de trânsito no Pará; veja vídeo

Quarta-Feira, 12/06/2019, 16:50:00 - Atualizado em 12/06/2019, 17:52:18 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Condutor desce de carro e parte para briga com agente de trânsito no Pará; veja vídeo (Foto: Twitter @paranoticias1)
(Foto: Twitter @paranoticias1)

Um vídeo de uma briga de trânsito viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira (12): a gravação mostra o momento que um agente de trânsito municipal de Marabá, sudeste paraense, troca socos e chutes com um condutor, na manhã de hoje.

De acordo com informações de testemunhas, dois agentes de trânsito realizavam uma blitz na rua E, no bairro KM 7, em Nova Marabá. Em determinado momento, um dos agentes viu um condutor - identificado como Expedito Ferreira de Sousa Filho - sem cinto de segurança e o notificou.

Ainda de acordo com testemunhas, o motorista, inconformado com a notificação, desceu do carro para agredir fisicamente o servidor público. O condutor teria, inclusive, ameaçado o agente de morte e tentado atirar o veículo sobre o agente. 

O servidor reagiu às agressões, e os dois chegaram a trocar chutes e socos. Veja o vídeo do momento da briga.

 

POSICIONAMENTO

Por meio de nota, publicada no site da Prefeitura de Marabá, o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) se manifestou "sobre o vídeo que circula nas redes sociais aonde um agente de trânsito aparece se envolvendo em uma discussão com o motorista Expedito Ferreira de Sousa Filho, que dirigia uma Fiat Strada, branca, placa QDP3741".

Segundo o texto, "o agente de trânsito se encontrava hoje, por volta das 9h30min, em patrulha de rotina no Km7, no Núcleo Nova Marabá, quando o motorista em questão foi avistado dirigindo sem o cinto de segurança. Após perceber que o agente estava fazendo a autuação, o motorista estacionou, desceu do carro e começou a ofender e agredir o agente de trânsito com socos.
Com a ajuda de populares e do próprio pai do agressor, o motorista voltou ao carro e ainda tentou atirar o veículo sobre o agente. Foi solicitado então apoio da Polícia Militar, porem o agressor fugiu e tomou rumo ignorado. O veículo foi levado até a delegacia para apresentar a autoridade policial, onde o agente registrou o Boletim de Ocorrência". 

(DOL)  






Comentários

Destaques no DOL