Notícias / Polícia

TOMÉ-AÇU

Pastor agredido com terçado por suposto marido traído dá versão do fato

Quinta-Feira, 06/06/2019, 23:00:51 - Atualizado em 06/06/2019, 23:15:35 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Pastor agredido com terçado por suposto marido traído dá versão do fato (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O pastor Antônio de Melo Sarges contou a versão dele do ocorrido na manhã desta quinta-feira (06), em Tomé-Açu, nordeste paraense, quando foi agredido a golpes de terçado por um homem que afirmava que a esposa estava tendo um caso extraconjugal com o religioso.

O missionário, que está internado no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, refutou a versão do agressor Valmon Davi. Em conversa com fieis e familiares por telefone, Antônio informou que estava dentro do carro, quando Valmon teria entrado e pedido uma oração.

“Antes do pastor iniciar a oração, o agressor disse para ele beijar seus pés. O pastor recusou, e em seguida o Valmon começou a dizer coisas desconexas, disse que era judeu, e todo judeu precisava matar um cristão. Foi quando ele sacou o facão e começaram as agressões”, disse uma fonte familiar do pastor, que preferiu não ter a identidade revelada.

Ainda de acordo com fieis e familiares, o agressor possui históricos de surtos psicóticos, e teria fantasiado o caso amoroso. “A esposa dele começou a frequentar a igreja, e, provavelmente, ele começou a criar coisas. O pastor Antônio é um missionário que dedica a vida pela obra da igreja, quem o conhece sabe que ele nunca faria uma coisa dessas”, afirmou o familiar.

O pastor passou por cirurgia e o quadro de saúde dele é considerado estável.

O Crime

De acordo com informações registradas em Boletim de Ocorrência, o pastor foi atacado por Valmom Figueiredo Davi, próximo a um supermercado do distrito de Quatro Bocas. O suspeito usou um terçado para cometer as agressões.

Quando os policiais militares chegaram ao local do crime, Valmom ainda estava atacando o pastor. A população ainda tentou espancar o agressor que foi preso com ferimentos pelo corpo.

A vítima foi resgatada, gravemente ferida, e encaminhada ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua.

Ao ser questionado sobre o motivo da tentativa de homicídio, Valmom reafirmou que o pastor mantinha uma relação extraconjugal com a esposa dele, por isso resolveu atacar Antônio de Melo.

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL