Notícias / Pará

QUEIJO SUÍÇO

Nem a avenida Almirante Barroso escapa da buraqueira

Segunda-Feira, 13/05/2019, 21:30:45 - Atualizado em 13/05/2019, 21:30:45 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Nem a avenida Almirante Barroso escapa da buraqueira (Foto: Ney Marcondes/Diário do Pará)
(Foto: Ney Marcondes/Diário do Pará)

Quem passa pela avenida Almirante Barroso, uma das principais vias de circulação de Belém, precisa reduzir a velocidade e redobrar a atenção. Isso porque há buracos e recapagem asfáltica soltando em vários pontos nos dois sentidos da via. Um dos trechos complicados é o da esquina da passagem Getúlio Vargas, ao lado de uma universidade particular, na entrada do conjunto Império Amazônico, bairro do Souza.

Durante a reportagem, o DIÁRIO flagrou diversos veículos que não conseguiram desviar da buraqueira. Os motoristas demonstravam indignação e sinalizavam negativo para a situação. Em dias chuvosos, os buracos ficam cobertos e pegam os condutores que não costumam passar pelo local de surpresa. Naquele trecho e em vários outros ao longo da avenida, a maior parte das crateras está concentrada na faixa direita da via, que recebe grande impacto dos ônibus.

De acordo com Lorival Rodrigues, de 62 anos, vendedor e morador do conjunto Império Amazônico, os buracos já existem há 2 meses e começaram pequenos, mas com as chuvas e o impacto dos veículos, a recapagem não suportou e tem apresentado falhas do serviço. Ele disse que presenciou acidentes. “Uma vez, um motorista não sabia e nem viu o buraco, o pneu caiu e quando saiu, a parte da proteção de baixo do motor arrancou”, contou.

Ainda segundo Lorival, os moradores do conjunto estão fazendo trabalho de tapa-buraco com aterro para não piorar a situação e evitar que outros carros venham cair nos buracos”. “É horrível isso, em plena Almirante Barroso”, completa o morador.

A vendedora Carmem Lima, de 36 anos, que mora no bairro do Marco, diz que o problema é visto ao longo de toda a avenida. “Aqui tá pior, mas a Almirante está cheia de buracos na pista. De dentro do ônibus a gente percebe. Se o motorista não tiver atenção, pode cair mesmo. Nossa cidade ‘tá’ uma tristeza”, avalia.

RESPOSTA

A Secretaria de Saneamento (Sesan) informa que a avenida receberá serviço de recuperação asfáltica dentro da ação tapa-buraco.

(Michelle Daniel/Diário do Pará)

 





Comentários

Destaques no DOL