Entretenimento / Cultura

COMÉDIA

Maniçoba e Belém também estão presente no show de Mauricio Meirelles

Sexta-Feira, 03/05/2019, 09:38:10 - Atualizado em 03/05/2019, 09:38:10 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Maniçoba e Belém também estão presente no show de Mauricio Meirelles (Foto: Edu Moraes/Divulgação)
O humorista se apresenta hoje no Margarida Schivasappa (Foto: Edu Moraes/Divulgação)

O humorista Maurício Meirelles apresenta “Levando o Caos”, seu mais novo show de stand up comedy, em Belém. Considerado o melhor show nesse estilo no Brasil em 2016 e 2017, o novo espetáculo do humorista reúne piadas inéditas e permanece com o quadro “Webbullying”. A apresentação será hoje (3), às 21h30, no Teatro Margarida Schivasappa. “Esse é o terceiro show que estou levando pra Belém, completamente diferente dos outros dois. E considero o mais legal que tenho porque é totalmente de interação com a plateia”, comenta Meirelles, 
em entrevista ao Você.

A primeira parte do show traz Meirelles abordando temas mais profundos, de forma madura e sempre bem-humorada, baseado em sua vivência. São esquetes que falam sobre consciência ambiental, política, depressão, feminismo dentro e fora do casamento, formas de criação dos animais domésticos, preconceitos que todos possuem; e ainda sobra espaço para falar de suas experiências anteriores por Belém.

Entre seus assuntos favoritos da cidade, ele destaca a culinária. “Lembro quando conheci maniçoba - até coloquei um texto no Instagram. Eu não consigo entender como vocês chegaram à conclusão que precisava ferver aquilo por sete dias. Imagina quantos não morreram para criar isso! Sempre falo que Deus levou seis dias para criar o universo e a maniçoba ainda não tava pronta (risos)”, brinca o humorista.

Para ele, Belém tem uma vocação para a comédia. “Tanto que tem muitos comediantes legais que vêm daí. É uma terra rica para criar piada, só o Ver-o-Peso já dá muita ideia, a culinária, sem falar do Calipso (risos). E bater papo com a galera de Belém é engraçado. Quem tiver história engraçada pode subir ao palco”, convida Meirelles. Isso porque a segunda parte do show é totalmente aberta ao improviso, a partir da interação com o público nos quadros “Traumas” e “Webbulling”.

Primeiro, o humorista convida corajosos que tenham histórias engraçadas para contar (só participa quem quiser) e analisa a melhor delas ao lado de um ícone especial denominado “A Voz da Experiência” - presença escolhida com a ajuda do público. “A parte que acho mais divertida”, ele confessa. Depois, a pessoa com a história vencedora participa do “Webbuling”, o momento mais esperado do show, onde o comediante toma conta do perfil do vencedor nas redes sociais (Facebook, Whatsapp, etc...) passando a interagir com outras pessoas como se fosse o titular da conta.

À vontade no palco

Maurício Meirelles trocou a carreira de redator publicitário pela de humorista em 2007 e, desde então, trabalhou na TV em diversos programas, como CQC (Band) e o Estranho Show de Renatinho (Multishow). Viaja com seu stand up desde 2011, incluído países como Estados Unidos e Holanda. Foi vencedor por dois anos como “Melhor Stand Up” pelo Prêmio Risadaria de Humor. Em 2013, criou o “Webbullying”, sucesso que faz parte do seu show e em seu canal do Youtube, com mais de 2,6 
milhões de inscritos.

E entre tantos lugares por onde já passou e em tantos formatos, diz que o teatro ainda é onde se sente mais à vontade. Onde a criatividade vai a mil. “O teatro ‘dá de dez’ na internet. Querendo ou não, na internet é um conteúdo para chegar em muitas pessoas. Nos teatros é com quem está lá, a piada acontece ali, muita coisa fora do texto vai surgindo. No palco é onde faço as coisas que mais gosto”, finaliza.

RISOS

Stand up “Levando o Caos” - com Maurício Meirelles

quando: Hoje (3), às 21h30;

Onde: Teatro Margarida Schivasappa (Gentil Bittencourt, 650, 
térreo do Centur);

Quanto: R$ 35 a R$ 70 (na bilheteria do teatro).

(Lais Azevedo/Diário do Pará)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL