Notícias / Pará

MAU FUNCIONAMENTO

Ministério Público do Pará quer a interdição imediata do Cemitério do Tapanã

Sexta-Feira, 22/02/2019, 11:22:17 - Atualizado em 22/02/2019, 12:31:40 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Ministério Público do Pará quer a interdição imediata do Cemitério do Tapanã (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)
O Cemitério do Tapanã passa por mau funcionamento e falta de manutenção (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)

O Ministério Público quer a interdição imediata do Cemitério do Tapanã, em Belém, alengando inadequações e principalmente, contaminações de poços artesianos que ficam nas próximidades. Um inquérito civil foi instaurado e constatou a contaminação. 

Apesar de ser o maior entre os cemitérios públicos de Belém, o do Tapaná tem grandes problemas, além da falta de manutenção, ele também está super lotado. 

Veja a reportagem da RBATV:

Um grupo de apoio técnico interdisciplinar do Ministério Público constatou que o local além de não ter licença ambiental, também não tem planos de encerramento das atividades. Além disso, o nível de profundidade dos sepultamentos também é inadequado.

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL