Notícias / Pará

SERVIÇO

67 mil paraenses podem perder o título de eleitor

Sexta-Feira, 22/02/2019, 07:48:49 - Atualizado em 22/02/2019, 07:48:49 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

67 mil paraenses podem perder o título de eleitor (Foto: Agência Brasil)
A regularização começa no dia 7 de março para quem não votou nas eleições de 2018 (Foto: Agência Brasil)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) liberou a listagem com os nomes dos eleitores faltosos que não compareceram às urnas nos três últimos pleitos. Em todo território nacional 2.645.785 eleitores foram identificados como faltosos pela Justiça Eleitoral e poderão ter o título cancelado, caso não regularizem sua situação.

No estado do Pará, 67.145 eleitores devem procurar o cartório eleitoral mais próximo para se regularizar. De acordo com o cronograma estabelecido pelo TSE, os cartórios eleitorais devem afixar as listagens dos eleitores faltosos. Somente aqueles que estiverem nessa condição, deverão regularizar sua situação a partir do dia 7 de março.

Os prazos para a execução dos procedimentos relativos ao cancelamento dos títulos eleitorais, bem como para a regularização é previsto na Resolução de número 23.594/2018, do TSE. Com o título cancelado o eleitor fica impossibilitado de sacar benefícios sociais, emitir passaporte e carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outros.

Comunicação

A Justiça Eleitoral ressalta que, não emite nenhum tipo de e-mail, mensagem ou notificações alertando o cidadão. Mensagens falsas começaram a circular com conteúdo relacionado ao cancelamento do título eleitoral. Para se certificar de que não há pendências em seu documento, o eleitor deve consultar sua situação na página do TSE, no site do TRE do Pará - tre-pa.jus.br - ou no cartório eleitoral mais próximo de sua residência.

(Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL