Notícias / Pará

PEDREIRA

Briga por vez em posto de gasolina de Belém termina em perseguição, tiros e um baleado

Quarta-Feira, 20/02/2019, 21:04:44 - Atualizado em 20/02/2019, 22:06:03 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Briga por vez em posto de gasolina de Belém termina em perseguição, tiros e um baleado (Foto: DOL)
(Foto: DOL)

Uma perseguição pelas ruas do bairro da Pedreira entre um agente da Guarda Municipal de Belém e um civil, na noite desta quarta-feira (20), terminou em tiroteio e um baleado.

Tudo começou após uma discussão envolvendo o agente municipal e um homem, que estava com um amigo e uma mulher grávida dentro de um carro, em um posto de gasolina localizado na rua Antônio Everdosa com a travessa Mauriti.

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, o guarda estava dentro do veículo aguardando a sua vez para abastecer, quando o homem, ainda não identificado, teria passado a sua frente. A atitude teria irritado o agente, que teria saído do veículo para tomar satisfação com o condutor.

Ainda segundo informações apuradas pela polícia, houve uma intensa troca de acusações entre os envolvidos. Após a briga, ambos deixaram o local, e neste momento, o homem passou a ser perseguido pelo agente municipal, que teria, segundo populares, batido na traseira do seu veículo. A perseguição então intensificou-se, com os dois veículos em alta velocidade pelas ruas do bairro.

MOTOQUEIRO MISTERIOSO

Quando os veículos estavam próximos à avenida Pedro Miranda, um terceiro personagem, ainda desconhecido, teria surgido na história. Um motoqueiro que, segundo a polícia, teria também passado a perseguir os dois veículos, passou a atirar indiscriminadamente na direção de ambos. Os tiros, disparados em um horário onde muitas pessoas trafegam pelas avenidas do local, aterrorizaram os cidadãos, que passaram a tentar perceber o que se passava.

Um dos disparos atingiu um rapaz que estava no passageiro de um dos carros. O homem foi ferido no abdômen e levado ao Hospital e Pronto Socorro Mário Pinotti. Após os tiros, o motoqueiro fugiu em alta velocidade e ainda não foi preso.

A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no local, deteve os dois condutores, encaminhando-os para a seccional da Marambaia. Rômulo Souto, delegado de plantão no momento da ocorrência, informou que já enviou uma equipe para solicitar as imagens das câmeras do posto de gasolina onde a briga teria começado. Um inquérito foi instaurado para investigar o caso.

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL