Notícias / Polícia

IMAGENS FORTES!

Vídeo mostra jovem de 19 anos sendo assassinado por segurança de supermercado

Sexta-Feira, 15/02/2019, 08:40:08 - Atualizado em 15/02/2019, 08:56:53 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Um jovem de 19 anos morreu nesta quinta-feira (14) após ser imobilizado com um “mata-leão” aplicado pelo segurança Davi Ricardo Moreira, do supermercado Extra, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A direção do estabelecimento se defendeu do assassinato cometido pelo segurança alegando que o jovem, que não possuía arma alguma e não esboçou reação, tentou furtar a arma do segurança da loja.

Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra que clientes alertaram para o fato do garoto estar aparentemente desacordado enquanto permanece com pescoço pressionado pelo vigia. As imagens são fortes.

“Está sufocando”, diz uma mulher ao segurança. “Ele está roxo”, alerta outra. No vídeo, é possível ouvir que o segurança, nervoso e desequilibrado, responde: “Cala a boca, p****!”. O profissional permanece em cima do rapaz imobilizado. Diante da continuidade dos questionamentos, ele grita: “Você está mentindo, você está mentindo”. Pelas imagens, ainda dá para notar que o jovem não esboça qualquer tipo de reação durante os quase dois minutos de gravação. Assista:

O jovem, identificado como Pedro Gonzaga, sofreu uma parada respiratória e foi socorrido para o hospital por volta de 12h40. A Polícia Militar informou que, quando as viaturas chegaram ao Extra o garoto já tinha sido levado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Lourenço Jorge. Ele morreu logo após dar entrada na unidade de saúde. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

ASSASSINO SEGUIRÁ LIVRE

 O assassino, que trabalhava como segurança, passou o dia na Delegacia de Homicídios (DH) da capital e foi liberado na madrugada desta sexta (15). A libertação ocorreu mediante pagamento de fiança. Davi foi indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

(Com informações dos portal BHaz e Extra)





Comentários

Destaques no DOL