Esporte / Pará

BRIGA NO REMO

Dirigentes trocam socos dentro de sala no Baenão

Sexta-Feira, 08/02/2019, 16:41:00 - Atualizado em 08/02/2019, 17:38:44 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Dirigentes trocam socos dentro de sala no Baenão (Foto: Arquivo / DOL)
Dirigentes foram as vias de fato e tiveram que ser contidos por dois jogadores do Remo. (Foto: Arquivo / DOL)

O Remo vive dias de expectativa para o jogo contra o Independente, porém um episódio extra-campo acabou vindo à tona e abalou os bastidores do clube.

Dois dirigentes do clube acabaram trocando agressões e um deles foi mais além: o diretor de base do clube, Felipe Melo Maia, registrou um boletim de ocorrência contra o funcionário Ronaldo Leão Junior, sobre o episódio que ocorreu na última quarta-feira (6), um dia depois do aniversário do clube.

Bem diferente do que a informação correu nas redes sociais, a briga foi ocasionada por interesses relacionadas ao clube, bem diferente de vaidades. Segundo o BO registrado por Felipe, Ronaldo ficou irritado após ser questionado sobre a prestação de contas que fez ao clube, xingou Felipe, em seguida, lhe desferiu um soco, o enforcando posteriomente. Ainda segundo o registro feito pelo diretor de base, a briga foi apartada pelos jogadores Tiago Fonseca e Wenderson Ribeiro.

(Foto: Via Whatsapp)

 

Uma das partes está respaldada por um advogado e irá tomar providências quanto ao assunto.

Em contato com o DOL, a diretoria do Remo informa que irá tomar providências de forma interna entre os envolvidos e que o presidente do clube, Fábio Bentes, já tomou conhecimento do episódio.

Ainda de acordo com o clube, os envolvidos no episódio foram afastados do clube até segunda ordem.

  • E MAIS; Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL