Notícias / Polícia

BREVES

Acusado de pirataria e estupro morre em confronto com a polícia no Pará

Quinta-Feira, 07/02/2019, 15:01:36 - Atualizado em 07/02/2019, 17:19:03 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Um homem identificado como Roniel de Souza Cavalcante, acusado de roubo qualificado, associação criminosa (pirataria) e estupro de uma menor, morreu durante troca de tiros com a polícia na manhã desta quinta-feira (7). O incidente aconteceu durante a ação de cumprimento ao mandado de prisão do suspeito, executada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Fluvial- DPFLU/GFLU e Superintendência de Breves.

Por volta das 6h, Roniel foi abordado na residência onde vivia, localizada no rio Tajapuru, zonal rural de Breves, no Marajó. Ao receber voz de prisão, ele tentou fugir e efetuou disparos contra os agentes da segurança, que precisaram reagir à agressão. O acusado foi atingido e morreu no local.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), investimentos são feitos permanentemente a fim de combater a criminalidade nos rios que cercam o Pará. No mês de novembro, cinco lanchas foram entregues pelo Grupamento Fluvial para atuação na região do Marajó, para que seja estabelecida uma base fluvial na vila de São Benedito. Com a entrega das embarcações, todos os municípios do Marajó Ocidental passaram a ter viaturas fluviais.

Além do aparato físico, em breve serão ofertados treinamentos aos militares que atuam no policiamento fluvial, visando ações de prevenção e repressão, levando em consideração a peculiaridade da região do Marajó.

(Com informações da Agência Pará)





Comentários

Destaques no DOL