Notícias / Pará

EDUCAÇÃO

Demora na entrega de obra em escola municipal causa transtornos

Quinta-Feira, 31/01/2019, 07:28:37 - Atualizado em 31/01/2019, 07:28:37 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

 Demora na entrega de obra em escola municipal causa transtornos  (Foto: Ney Marcondes)
Para a coordenadora do Sintepp, a PMB deveria ter alugado um imóvel para transferir os alunos até que a obra na escola fosse concluída (Foto: Ney Marcondes)

Há um mês, os alunos sofrem com a demora na conclusão da reforma na Escola Municipal República de Portugal, que fica na rua Anchieta, no bairro da Marambaia, em Belém. O trabalho teria iniciado mas, segundo acusações, nenhuma informação sobre prazos de entrega e indicação do custo da obra foi repassado para a 
comunidade escolar. 

A reforma é resultado de processo de licitação, mas a empresa vencedora tem demorando muito para concluir o serviço, pois apenas três funcionários estariam trabalhando no local. Coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp) em Belém, Silvia Letícia explicou que, mesmo com toda essa demora na realização da reforma, a escola não parou suas atividades. 

“A situação está precária. Tivemos que realocar salas para outros espaços, como a biblioteca, mas esses espaços não oferecem nenhuma condição para os estudantes, já que são turmas grandes de 35 a 40 alunos. E tudo isso atrapalha o processo de aprendizagem”, disse Silvia. 

A escola possui em sua estrutura outros problemas como goteiras, portas quebradas e salas sem ventilação ou climatização adequadas. “Não sabemos o que será feito nessa reforma, pois nenhum cronograma definindo as ações da reforma nos foi repassado”, afirmou a coordenadora. Para Silvia Letícia, o ideal seria que a Prefeitura Municipal de Belém (PMB) alugasse outro prédio para transferir os alunos até que a obra na escola fosse concluída, em um prazo mais rápido possível. 

RESPOSTA

O DIÁRIO foi até a escola para apurar a denúncia, mas a coordenação da unidade não quis se pronunciar sobre o assunto. Em nota, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), esclarece que a obra na Escola Municipal República de Portugal é de grande porte e já foi licitada. Diz que, no momento, a empresa vencedora está fazendo os estudos necessários no terreno da escola. A ordem de serviço ainda será emitida para que a obra seja efetivamente iniciada. 

A nota afirma que, para garantir a continuidade do período letivo, a obra será gradual e as turmas que utilizam os espaços isolados serão realocadas em outras salas, como a biblioteca e sala de informática, paramentada para receber esses alunos.

(Wesley Costa/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL