Notícias / Pará

DESCASO

Demora em atendimento causa revolta em pacientes na UPA da Terra Firme

Quarta-Feira, 23/01/2019, 14:51:23 - Atualizado em 24/01/2019, 09:28:48 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Demora em atendimento causa revolta em pacientes na UPA da Terra Firme (Foto: Reprodução)
Segundo a denunciante, os pacientes estão desde cedo aguardando atendimento. (Foto: Reprodução)

Um problema de saúde levou a jovem Alessandra Xavier, de 22 anos, a recorrer ao atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro da Terra Firme, em Belém. O que ela e a irmã, Adriana Xavier, de 28 anos, não esperavam é que a espera pelo atendimento fosse demorar mais de três horas. 

As denunciantes informaram que chegaram à unidade por volta das 11h15 da manhã, quando Alessandra passou pela triagem, onde recebeu a classificação de gravidade verde, considerado pouco urgente. Nessa categoria, a espera por atendimento pode chegar a 120 minutos. Porém, as duas ressaltam que já aguardam a 4 horas, duas horas a mais que o tempo previsto. 

A demora no atendimento dos pacientes tem causado indignação em quem precisa dos serviços da unidade. Para Adriana, o estado de saúde da irmã pode piorar, já que a mesma está sem se alimentar desde cedo e nenhum profissional do local demonstrou preocupação com a situação dos pacientes. "Minha irmã está sem se alimentar. Ela teve tonturas e ninguém fez nada. Quando tentei falar com o médico, ele simplesmente disse que não poderia fazer nada e não iria falar com ninguém", disse a acompanhante.

Ainda segundo Adriana, alguns pacientes que chegaram antes da irmã também ainda não receberam atendimento. 

O DOL entrou em contato com Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) que através de nota informou que o pagamento da competência do mês de dezembro de 2018 para a empresa Brasil Serviços Gerais foi efetuado na quarta-feira (23). 

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL