Notícias / Pará

EMPREGO FORMAL

Balanço aponta aumento no número de contratações de jovens aprendizes no Pará

Sexta-Feira, 04/01/2019, 15:24:31 - Atualizado em 04/01/2019, 16:15:54 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Balanço aponta aumento no número de contratações de jovens aprendizes no Pará (Foto: Reprodução)
O estudo mostra que o Pará foi o estado que mais contratou durante o ano de 2018. (Foto: Reprodução)

A contratação de jovens aprendizes apresentou aumento no ano passado, é o que afirma um balanço divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e o Governo do Estado do Pará, através da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), nesta sexta-feira (04). 

De acordo com o documento, o aumento no número de contratação de jovens entre os meses de janeiro e novembro de 2018 no estado do Pará alcançou a média de 16%. No total, foram admitidos cerca de 8.177 pessoas durante os primeiros 11 meses do ano passado. Os meses de fevereiro e agosto foram os que apresentaram os maiores números de contratações: 1.746 e 1.313, respectivamente. 

Ainda segundo o Dieese, a maioria dos contratados era do sexo masculino, apresentando um total de 4.633 admissões. Já as contratações do sexo feminino representaram um total de 3.544 pessoas. 

Entre os setores que mais contrataram jovens aprendizes estão o comércio, com a admissão de 2.696 pessoas; setor de serviços com 2.208 contratações; setor da indústria de transformação com a contratação de 1.279 pessoas, seguido da construção civil (698 pessoas), setor da agropecuária (677 contratações), setor extrativo mineral (513 pessoas), setor de serviço indústia e utilidade pública (102 contratações) e setor da administração pública (4 contratações). 

O balanço mostra que o Pará foi o estado da Região Norte que mais contratou jovens aprendizes durante o ano, o que representa o equivalente a 40,55% do total de contratações em todo o Norte, seguido do estado do Amazonas, Rondônia, Tocantins, Acre e Amapá. 

(Com informações do Dieese/PA)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL