Notícias / Pará

LUTO

Senador Jader Barbalho lamenta morte de Gerson Camata: 'querido amigo'

Quarta-Feira, 26/12/2018, 20:14:19 - Atualizado em 26/12/2018, 20:35:46 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Senador Jader Barbalho lamenta morte de Gerson Camata: 'querido amigo' (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O ex-governador do Espírito Santos, Gerson Camata, de 77 anos, foi morto com um tiro nesta quarta-feira (26), em Vitória (ES), capital capixaba. O crime, que aconteceu em frente a um restaurante na Praia do Canto, foi motivo de comoção de personalidades políticas em todo o Brasil.

No Pará, o Senador Jader Barbalho lamentou a morte terrível do ex-companheiro de Câmara Federal.

“É com grande tristeza que registro a notícia do assassinato, da morte, do meu querido amigo Gerson Camata. Nós chegamos juntos à Câmara Federal, ao Congresso, na eleição de 1974. Éramos adversário, mas isso não impediu que construíssemos uma grande amizade. Depois, em 1982, ele foi eleito goverador do Espírito Santo e eu fui eleito governador do Pará. Tivemos grande convivência como governadores, inclusive participamos juntos da construção da eleição de Tancredo Neves para a presidência da República. Mais adiante, nos encontramos no Senado. Eu lamento profundamente o ocorrido. Minha solidariedade à família de Gerson Camata e ao povo do Espírito Santo”, lamentou.

 

Gerson Camata foi governador do Espírito Santo entre 1982 e 1986, exerceu três mandatos como senador, de 1987 até 2011. Ele ainda foi vereador de Vitória, deputado estadual e deputado federal. O político era casado com Rita Camata e deixa dois filhos.

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL