Notícias / Pará

COMPORTAMENTO

O espírito do Natal que reside em todas as crianças

Segunda-Feira, 24/12/2018, 08:15:31 - Atualizado em 24/12/2018, 08:15:31 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

O espírito do Natal que reside em todas as crianças (Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)
(Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)

Nascimento de Jesus Cristo, presentes, Papai Noel, família. O Natal chegou e ainda são muitos os sentidos que a data desperta no imaginário das crianças. Para elas, é um momento de magia e encanto, e também de pedir aquele presente tão desejado nesse período.

Todos esses sentimentos estão representados por luzes, presépios, enfeites e, claro, pelo bom velhinho, em todo o mundo. Em Belém, além de casas e apartamentos, as decorações dos shoppings centers também chamam a atenção. Ali, a criançada se reúne para ver tudo de pertinho.No shopping Bosque Grão-Pará, por exemplo, há uma verdadeira cidade encantada com carros alegóricos, personagens infantis, trenó e neve artificial, dentre outras atrações. Para os pequenos é o universo perfeito para vivenciar os bons sentimentos que o período desperta. 

A pequena Sophia Gama, de 5 anos, ficou emocionada ao ver o Papai Noel. Apesar de pequenina, ela já sabe o sentido da data. “O natal é paz, amor e alegria, todos ficam juntos e é quando Jesus nasceu”, responde Sophia. 

Valentina Rodrigues, de 5 anos, diz que pretende esperar até que o bom velhinho entre em seu quarto. “No Natal todo mundo tem que se sentir especial e dormir cedo para esperar o Papai Noel com os presentes”, diz. Mas ela não esquece o sentido real da data. “É tempo de se sentir muito feliz porque é nascimento de Jesus”, destaca.

Já Benício Ferreira, 3 anos, está começando a despertar para o espírito natalino. A mãe, a jornalista Andressa ferreira, diz que ele começa a se envolver com a data. “Reunimos a família para comemorar e festejar a data, que gira muito em torno dele. E para o Benício, o Natal representa o Papai Noel, ele espera, ele não sabe ainda o dia de Natal, mas sabe que está para chegar e fica na expectativa”, garante Andressa. 

(Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)

DESENHOS

A pedido do DIÁRIO, as crianças aproveitaram para desenhar o significado do natal para cada uma delas. Mariana Nunes, 6, por exemplo, desenhou o menino Jesus junto com a família e os bichinhos que mais gosta. A avó Palmira Nunes, explica que a neta é apaixonada por animais e que quer ser veterinária. No quarto, em vez de bonecas, há animaizinhos de pelúcia, barbie veterinária e até um hospital dos animais. É claro que o pedido para o Papai Noel não podia ser outro. “Pedi pra ele uma lol pets (bonequinha com corpinho de animais)”, diz Mariana. Para ela, ganhar presentes é a melhor coisa do natal, mas lembra dos conselhos da avó e logo logo diz que lembrar do nascimento de Jesus também é importante. “Jesus vai nascer, o natal é o aniversário dele também”.

(Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)

Gostar de Papai Noel não tem idade

Para quem tem a tarefa de manter viva a chama do natal o momento é para aproveitar para espalhar bons sentimentos. Jacob Serruya, 55 anos, é Papai Noel há 7. Quem olha para ele até pensa que se trata do velhinho verdadeiro do Polo Norte. Com barba, cabelo e barriga originais, ele conta que sempre era abordado na rua pelas crianças, que já o chamavam de Papai Noel. Foi, então, que decidiu exercer o papel profissionalmente.

Jacob diz que a figura de Noel transmite um encanto que se carrega desde criança. Mesmo quem não é mais criança muitas vezes se emociona quando está diante de um Papai. “Tem adulto que chega encabulado e pergunta se pode tirar foto. O Papai Noel representa amor, carinho e amizade e isso não tem idade”, considera. Jacob também já fez o seu pedido. “Gostaria que as pessoas emanassem todos os bons sentimentos o ano todo e não apenas no natal”, comenta.



(Leidemar Oliveira/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL