Notícias / Pará

IRREGULARIDADES

Vereador de Ananindeua é denunciado pelo MPE

Sábado, 01/12/2018, 07:41:52 - Atualizado em 01/12/2018, 07:41:52 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Vereador de Ananindeua é denunciado pelo MPE (Foto: Reprodução/Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook)

O vereador de Ananindeua Breno Mesquita (PV) foi denunciado ao Ministério Público do Estado do Pará (MPE) por possíveis irregularidades em um contrato de locação envolvendo o Espaço Cidadão Marcos Rosa, criado pelo parlamentar, em homenagem ao pai.

A mãe dele, dona do imóvel onde funciona a entidade, também foi denunciada. É que desde 2 de maio está em vigência um contrato entre a Secretaria Municipal de Educação do Município de Ananindeua (Semed) e Angela Maria da Rosa Wanzeler, mãe de Breno, no valor de R$ 10 mil mensais, pagos pela gestão pública.

No entanto, o espaço só foi inaugurado em setembro, e o valor cobrado não condiz com o praticado na área, no Conjunto Guajará, no bairro do Coqueiro. No contrato, consta ainda que a casa mede 1.275 metros quadrados, valor superior 6 vezes a metragem de uma casa da Cohab em Ananindeua, que normalmente mede 200 metros quadrados.

O prazo estabelecido de duração do acordo é de 8 meses, podendo ser prorrogado por até 60 meses, o que significa que Ângela pode chegar a lucrar R$ 680 mil com o possível esquema. No documento, é informado que, naquela área, os imóveis são alugados por, no máximo R$ 2 mil, e que antes mesmo da inauguração do Espaço, Ângela recebeu R$ 50 mil por um imóvel não utilizado.

A reportagem fez contato com a assessoria do vereador, e embora tenha se comprometido a emitir um posicionamento, não deu retorno até o fechamento da matéria, bem como a assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ananindeua. O MP-PA informou que só responderá ao DIÁRIO a partir da segunda-feira (3).

(Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL