Notícias / Pará

NEGÓCIOS

Jovens empresários promovem bate-papo sobre mercado do Pará

Sexta-Feira, 30/11/2018, 07:54:24 - Atualizado em 30/11/2018, 07:54:24 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Jovens empresários promovem bate-papo sobre mercado do Pará (Foto: Wagner Santana/Diário do Pará)
Em evento do Conjove, o diretor-presidente do DIÁRIO, Jader Filho, falou sobre sua experiência administrativa (Foto: Wagner Santana/Diário do Pará)

O Conselho de Jovens Empresários do Pará (Conjove) realizou, na noite de ontem (29), em Belém, a 12ª edição da Confraria Conjove. A programação ocorre mensalmente, com o objetivo de discutir temas de interesse da classe empresarial. O evento reúne setores e empreendedores de diferentes segmentos econômicos para trocar experiências e informações importantes para os jovens que decidem seguir na carreira empresarial.

Segundo o presidente do Conjove, Leonardo Daher, o conselho tem atuado para mudar o sentido da entrada do jovem no universo empresarial. Se antes, a juventude era motivada pela necessidade, hoje é muito mais por opção de abrir a própria empresa. “Queremos que seja uma opção de vida, mas é preciso ter paixão, buscar conhecimento e conhecer a realidade do negócio”, considera Daher.

Na última edição do encontro no ano, a Confraria promoveu um bate-papo com o diretor-presidente do DIÁRIO DO PARÁ, Jader Barbalho Filho. Jader assumiu a administração da empresa ainda muito jovem e transformou o jornal em líder de mercado no Estado. Criado em agosto de 1982, pelo empresário Laércio Barbalho, o DIÁRIO cresceu, ganhou diversos prêmios e assumiu a liderança de vendas e leitores.

Para Jader Filho, o fundamental é fazer um planejamento financeiro e mercadológico e entender o que de fato o mercado deseja do empreendimento. Dar credibilidade à marca e inovar permanentemente são outras iniciativas destacadas pelo palestrante para quem está no mercado. “No caso da comunicação, nossos veículos refletem os anseios do cidadão. Manter essa identidade é estratégico e essencial”, explicou. Na sua opinião, o jovem precisa reunir, ainda, boas experiências, ter uma equipe de qualidade e se preparar para entrar no mercado.

Sebrae premia prefeitos empreendedores

Prefeitos de 21 municípios paraenses foram reconhecidas com o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, que visa reconhecer iniciativas que gerem um ambiente favorável ao crescimento e desenvolvimento de pequenos negócios nos municípios. O evento, que está na etapa estadual, ocorreu ontem (29, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, ocasião em que foi lançado o Programa Cidade Empreendedora.

Nesta edição, 129 prefeituras foram inscritas, o que representa 90% das prefeituras do estado e 98% da densidade empresarial; 109 projetos cadastrados; 84 projetos habilitados e 60 municípios com projetos inscritos finalistas.

Esta é décima edição da premiação, que funciona em ciclos, sendo o atual 2017/2019. O Prêmio é dividido nas etapas estadual e nacional. Todos os projetos vencedores na etapa estadual irão automaticamente participar da etapa nacional do PSPE. “Para nós é um grande sucesso, pois se trata de um resultado de nossa diretriz de atuar de maneira municipalizada e esse número mostra que estamos sendo eficientes no cumprimento dessa missão”, comentou Fabrizio Guaglianone, diretor-superintendente do Sebrae no Pará.

Um dos vencedores foi o prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, que ganhou na categoria Projeto Destaque da Região Metropolitana de Belém. Também ganharam destaques os municípios de Parauapebas, Novo Progresso, Óbidos, Barcarena, Capitão-Poço, Santarém, Marituba, Juruti, Castanhal, Capanema, Paragominas, Marabá, Santa Izabel do Pará, Soure e Brasil Novo.

O Cidade Empreendedora é um Programa de transformação econômica de municípios, organizado pelo Sebrae em 11 eixos de atuação, voltados para a gestão pública e lideranças locais com foco na melhoria do ambiente de negócios, pela implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios.

(Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL