Notícias / Pará

DOL AJUDA

Jovem faz vaquinha online para comprar cadeira de rodas

Quarta-Feira, 31/10/2018, 21:47:06 - Atualizado em 31/10/2018, 22:54:04 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Jovem faz vaquinha online para comprar cadeira de rodas  (Foto: Reprodução/Acervo Pessoal)
(Foto: Reprodução/Acervo Pessoal)

Um estudante de Direito de Belém está fazendo uma vaquinha na internet pra conseguir comprar uma cadeira de rodas personalizada. Ele já teve duas, porém estavam muito desgastadas.

Fabrício Santos, tem 25 anos e atualmente é universitário de uma faculdade particular da capital paraense.

Segundo ele, a rotina difícil pede uma cadeira mais confortável e específica para sua necessidade.

"Na verdade, todos os cadeirantes precisam de uma cadeira adequada para sua lesão, não só por causa da lesão, mas também para ter uma mobilidade melhor, para ter digninadade", explica ele.

O jovem foi vítima de uma bala aos 17 anos, quando no passado "se envolveu com amizades erradas".

"Peguei um caminho errado. Arrumei intrigas com várias pessoas. Levei esse tiro e fui para no Pronto Socorro da 14. Sai de lá sem o movimento das pernas. Fiquei quase três anos trancado em casa", explica Fabrício, emocionado.

Ele conta ainda que o tiro ficou alojado na cintura do lado esquerdo e que, a partir dissom, a vida dele mudou completamente.

Fabrício contou ainda que no início foi muito difícil se adaptar.

Sem condições financeiras para comprar um veículo para se locomover, ele recebeu a ajuda de um amigo, que doou uma cadeira de rodas usada, para que ele pudesse sair de casa e continuar sua rotina.

O estudante também comentou sobre a paixão pelo basquete, esporte que adotou. "Ficar em casa me deixou entediado. Encontrei no basquete um refúgio".

Fabrício mora em Marituba, Região Metropolitana, com a avó materna, que o criou desde pequeno.

Se orgulha ao falar que depois do acontecido, ele procurou mudar de vida e concluiu o Ensino Médio, ingressou em uma faculdade e é feliz, mesmo com algumas limitações. Porém, como tem uma rotina pesada, precisa de uma cadeira específica para se locomover melhor.

"Eu já vinha com essa ideia há muito tempo. Eu já vi muitas vaquinhas como essa na televisão, em redes sociais. Foi ai que resolvi fazer uma. Mas só agora que eu tive a iniciativa", comenta.

"Tenho fé que vou conseguir. Esse é um recomeço. Gosto de dizer que sempre é tempo de recomeçar. Só não podemos desistir. Precisamos correr atrás, isso que estou fazendo", conclui. 

Este é o link que Fabrício Santos usa para tentar comprar a cadeira e disponibiliza também o contato pessoal. 

Essa é a cadeira de rodas que Fabrício usa atualmente (Foto: divulgação)

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL