Notícias / Pará

CRIMES ELEITORAIS

Belém lidera denúncias eleitorais no segundo turno em todo o Estado

Domingo, 28/10/2018, 11:06:21 - Atualizado em 28/10/2018, 11:19:43 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Belém lidera denúncias eleitorais no segundo turno em todo o Estado (Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil)
(Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil)

Belém é a cidade paraense que mais recebe denúncias eleitorais desde a abertura dos portões para o segundo turno das eleições deste domingo (28). Até as 10h50, foram 630 denúncias recebidas na capital, seguido de 107 em Ananindeua (Região Metropolitana de Belém) e 102 em Santarém (oeste paraense).

As denúncias são registradas na plataforma desenvolvida pela Justiça Eleitoral, o aplicativo móvel Pardal, e os números tendem a aumentar. Até às 11h06, foram acolhidas 1.297 denúncias em todo o estado do Pará: lideram propaganda eleitoral (591), crimes eleitorais (337), outros (211), uso da máquina pública (97) e compra de votos (57).

Leia também:

O Pardal é uma ferramenta que pode ser utilizada para noticiar diversos tipos de infrações eleitorais, como as relativas à propaganda eleitoral, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais e doações e gastos eleitorais.

As denúncias feitas pelo aplicativo deverão constar, o nome e o CPF do cidadão que encaminhou, além de elementos que confirmem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios por exemplo. A autoridade responsável por apurar a notícia de infração poderá manter em sigilo as informações do denunciante, a fim de garantir sua segurança.

SAIBA DENUNCIAR

Ao presenciar qualquer fato suspeito no momento da votação, o cidadão deverá informar o fato imediatamente ao presidente da mesa receptora de votos, que é, na ausência do juiz eleitoral, a autoridade superior.

O presidente da mesa, então, comunicará o fato à Polícia Militar, que atuará segundo orientação para os seguintes casos. Outra possibilidade é o eleitor ligar diretamente a Polícia Militar, pelo 190.

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL