Notícias / Pará

OPERAÇÃO DA PF

Presos no Pará homens que transportavam ouro ilegal e dinheiro

Sábado, 20/10/2018, 14:25:12 - Atualizado em 20/10/2018, 15:01:30 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Presos no Pará homens que transportavam ouro ilegal e dinheiro (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Mercadoria foi apreendida durantes operações. No primeiro caso, os envolvidos foram presos em flagrante (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Dois homens foram presos em São Félix do Xingu, região sudoeste do Pará, por crime de transporte ilegal de ouro. As prisões ocorreram na noite de sexta-feira (19) em operação da Polícia Federal.

Segundo informações da PF, os suspeitos pousaram no aeroporto de São Félix do Xingu a bordo de um avião CESSNA 210, oriundos do Suriname, país que faz fronteira com o Brasil.

Com eles foram encontrados 130 mil dólares e 6 mil reais, que em moeda brasileira equivale a cerca de R$ 1 milhão. Ainda estavam presentes entre o material apreendido, três GPS, carotes de combustível para aumentar a autonomia do voo e planilha de dados.

Aeronave apreendida (Foto: Polícia Federal)

Apreensão  (Foto: Polícia Federal)

A aeronave é avaliada em R$ 700.000 e foi apreendida junto com o dinheiro e demais mercadorias. A soma de toda a apreensão ultrapassa a quantia de R$ 1.000.000.

Os presos foram autuados em flagrante e serão investigados por outros delitos.

MAIS APREENSÃO

Apreensão na Transamazônica (Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal também apreendeu cerca de 200g de ouro de origem não comprovada na rodovia Transamazônica, entre os municípios de Itaituba e Jacareacanga, no oeste paraense.

Os agentes abordaram um homem que conduzia uma camionete, onde encontraram o ouro.

Aos policiais, o suspeito disse que é piloto de avião e confirmou que havia ido buscar o minério em um garimpo a mando de um empresário do ramo de compra e venda de ouro que já foi alvo da Polícia Federal em outra operação.

O homem foi ouvido em termos de declarações e liberado. O material foi apreendido e as medidas judiciais cabíveis serão tomadas com relação ao crime.

(Com informações da Policia Federal)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL